Agenda do Samba & Choro

Fotos mostram o carnaval carioca de rua atual e o de antigamente

Google
Web samba-choro.com.br
 Página principal » Notícias » Notícias antigas

Receba grátis nosso informativo:


40431 assinantes
Exemplo | Cancelar | Trocar email Notícias enviadas às terças e sextas.



Assine em um leitor de notícias RSS


Se você gosta de nosso trabalho, nos apóie se tornando um Amigo do Samba-Choro.

Por Paulo Eduardo Neves
Publicada em 26 de Fevereiro de 2003 
Assunto: Novidades neste Sítio

  ampliar Xavier Pernee/2002  
Quando o carnaval começou, ela era virgem
Quando o carnaval começou, ela era virgem
Estamos colocando no ar duas novas exposições fotográficas que mostram o carnaval de rua carioca de hoje em dia e o do início do século XX.

As fotos atuais mostram o O carnaval de rua do Rio de Janeiro em 2002. As fotos foram batidas por meu amigo Xavier Pernee, um carioca que nasceu por engano em Paris (ou, como ele seu autodenomina, um cariocês). Esqueça este papo de super-produção, câmeras de TV, pseudo-famosos e babaquices em geral. De uns anos para cá, cada vez mais os cariocas têm voltado a brincar na rua. É todo mundo saindo em blocos sem corda, se fantasiando e brincando com paz e tranqüilidade raras de se ver. O bom do Carnaval não é ser o maior espetáculo da terra, mas sim a maior diversão da terra. O grande ápice desta festa acontece logo na manhã do primeiro dia de carnaval: o Cordão da Bola Preta. São dezenas de milhares de pessoas seguindo o trio elétrico que vai pelo Centro da cidade tocando marchinhas e sambas-enredo. E não tem esta farofada de corda para manter o povo longe não! É todo mundo brincando junto, pobres, ricos, grupos de velhinhas, crianças, negros, brancos, moradores da Zona Sul e do subúrbio, sempre na maior paz, sem ter uma confusão, todo mundo com um sorriso no rosto. Chego a dizer que isto não é só um bloco de carnaval, mas a utopia possível da tão maltratada cidade do Rio de Janeiro.

Na outra exposição, trazemos o Carnaval de Augusto Malta. Ele foi o primeiro fotógrafo oficial contratado pela Prefeitura do Rio de Janeiro, tendo registrado não só as grandes transformações urbanas que a cidade sofreu no início do século XX, como também a vida dos cariocas. As fotos são das décadas de 10 e 20 e mostram principalmente os corsos, desfile de calhambeques enfeitados e ocupados por um monte de gente fantasiada. Com a abertura da Av. Central em 1905 e o crescimento da frota de automóveis, os ricos trocaram o carnaval mais democrático da Rua do Ouvidor pelo desfile na elegante Avenida. No lugar dos limões de cheiro do entrudo, os confetes e serpentinas; ao invés do pé no chão, as rodas dos automóveis.

As exposições também servem de recado para o pessoal que gosta de ficar se lamentando que o carnaval de hoje não é mais igual àquele de antigamente do qual nunca participaram. Dá pra ver que os corsos eram chatos pra caramba. Um bando de gente metida a besta exibindo seus automóveis e suas fantasias, "brincando" afastados uns dos outros e se exibindo para o povão, que ficava só olhando.

Claro que estas exposições são completamente tendenciosas. Os corsos eram apenas uma das facetas do carnaval antigo, além de terem acontecido antes da explosão musical carioca na década de 30. Hoje em dia, a diversidade musical também não é muito grande, o normal são blocos que tocam a mesma música por horas seguidas sendo atrapalhados no caminho por um monte de malas que se acham músicos pois só porque acabaram de comprar um tamborim de nylon. De qualquer maneira, serve para mostrar que o pessoal daqui querendo e melhorando a música, dá para o Rio fazer o melhor carnaval de rua do pais.

Deixo meus agradecimentos à Christiane de Assis Pacheco, que deu uma grande ajuda no trabalho de publicar todas estas imagens.

Voltar para Manchetes de Fevereiro de 2003

Enviar por email | Imprimir

Comentários dos leitores

Ei, por coincidência descobri agora outra página com fotos do carnaval de 2002
Paulo Eduardo Neves
27 de Fevereiro de 2003 #

As fotos estão ótimas!
Pelo jeito o Carnaval de Rua ainda se mantem com muita alegria, descontração e o espírito crítico que sempre apresentou desde suas origens !
Que continue assim para nosssa alegria !
Lygia Maria Maurity Saboia
27 de Fevereiro de 2003 #

estimado amigo PAULO-ESTOU divulgando o site samba-choro em meu programa que se chama:Canta Brasil.desde cordoba ,Argentnina quero parabeniza-lo..Sempre è bom oir seus conceptos..a gente aprende um monte.Tambem passo o dado de conhecer o trabalho que faço pòr aqui na radio UTN,vc pode ouvir na web: www.frc.utn.edu.ar
domingos de 16 a 17 hs.Valeu.
cristina baez
2 de Março de 2003 #

adro o carnaval de rio de janeiro,por isso e preciso sua divulgaçao.
isolia torres saavedra
2 de Março de 2003 #

e preciso manter o carnaval carioca em forma natural, sem censura pois e assim a forma de preserver-lhe
isolia torres saavedra
2 de Março de 2003 #

A foto do entroncamento da Rio Branco com Miguel Couto na altura da Ouvidor (Malta) eh o verdadeiro pau de dar em Carioca. Parabéns!!!!!!!
Alexandre Amorim
3 de Março de 2003 #

As fotos estão ótimas. Retratam com perfeição a alegria do Carnaval Carioca.
Ainda bem que não estou em nenhuma...hahaha
Juliana Berba
7 de Março de 2003 #

Uma beleza a galeria de fotos do carnaval carioca de rua. É bom saber que o Rio de Janeiro vem ressucitando o espírito do verdadeiro carnaval, a festa maior do povo, palco de sua imensa criatividade. Para quem tem a sorte de viver o carnaval do Recife e de Olinda, não dá para conceber a festa se não for assim, como um espaço soberano para a expressão multicultural, com lirismo e humor. Aqui, ainda temos a sorte de contar com a riqueza da multiplicidade de expressões musicais. Além do frevo-de-rua (símbolo da energia do povo na rua), o frevo-de-bloco, o maracatu, os caboclinhos, as la ursas, bois e - claro - o samba.

JULIO VILA NOVA - de Recife
JULIO CESAR FERNANDES VILA NOVA
30 de Março de 2003 #

Ilustre amigo Paulo,quero parabenizar-te pelo excelente conteúdo da página e pelas brilhantes fotos mostradas.
Como bom carioca que sou adoro o carnaval de rua e fico muito feliz em ver um material com tanta qualidade e beleza como este apresentado.
Fabio Rogério Glinardello e Silva
28 de Junho de 2003 #

Índice
Manchetes de Fevereiro de 2003

<< Anterior
Sorteio de livro Sambeabá de Nei Lopes

Próxima >>
Mônica Salmaso e Paulo Bellinati se apresentam em Porto Alegre


» Envie esta notícia para um amigo

» Imprima esta notícia


Notícias | Casas com música | Artistas | Tribuna Livre | Artigos e debates | Fotos | Partituras | Compras | Amigos do Samba-Choro | Busca

Receba notícias sobre samba e choro por email:

Contato | Privacidade | Sobre este sítio
©Copyright 1996-2014
Samba & Choro Serviços Interativos LTDA
(Todos os direitos reservados).