Agenda do Samba & Choro

Festa da Agenda do Samba & Choro leva quase mil pessoas à Gamboa

Google
Web samba-choro.com.br
 Página principal » Notícias » Notícias antigas

Receba grátis nosso informativo:


36229 assinantes
Exemplo | Cancelar | Trocar email Notícias enviadas às terças e sextas.



Assine em um leitor de notícias RSS


Se você gosta de nosso trabalho, nos apóie se tornando um Amigo do Samba-Choro.

Por Paulo Eduardo Neves
Publicada em 16 de Outubro de 2001 
Assunto: Novidades neste Sítio

  ampliar Mário Tarcitano/2001  
Logo aniversário de 5 anos da Agenda do Samba & Choro
Logo aniversário de 5 anos da Agenda do Samba & Choro
Nossa festa foi um sucesso. Enchemos o Centro Cultural José Bonifácio de muita música e gente numa linda confraternização. Esperávamos umas 300 pessoas, o que subestimava o poder de divulgação da Agenda do Samba & Choro. Compareceram quase mil! Reunindo o maior público da história do Centro Cultural. Veio gente do Brasil todo, São Paulo, BH, Campinas, Brasília, São José do Rio Preto, Curitiba e outros cantos onde há amantes de nosso samba e choro. Muita gente, tranquilidade, paz e muita, muita música.

Foram vários os momentos mágicos, da orquestra de sopros formada por Zé da Velha, Silvério Pontes, Humberto Araújo e Camunguelo, a Beth Carvalho fazendo um dueto com Jair do Cavaquinho em "Vou Partir", parceria de Seu Jair com Nelson Cavaquinho. Pelos relatos foram vários os momentos especiais, que eu não assisti pois caí no golpe de que seria apenas um convidado para a festa. Na hora que os pepinos aparecem, do sujeito do som combinado que não apareceu, ao bar que -- contra minhas milhões de recomendações -- esperou a cerveja acabar para pensar em comprar mais, sobrou tudo foi na minha mão. Nem almoçar consegui. Coisas de festa. Pelo menos no final deu tudo certo e saiu todo mundo feliz. Ficamos todos que nem pinto no lixo.

Nossa festa não era para dar lucro, apenas para comemorar. Tudo estaria certo, se não fossem as camisetas que mandamos fazer. Ninguém teve muito saco de ficar vendendo as camisas durante o evento e teremos que fazê-lo para conseguir fechar as contas. Agradeço a todos que puderem dar uma força. Vou colocá-las para vender em nosso sítio, mas como a postagem deve ficar meio salgada, vou tentar conseguir pelo menos alguns locais no Rio e em Sampa para deixá-las. No Rio já deixei algumas no bar Bip Bip, que fica na Rua Almirante Gonçalves, 50 em Copacabana. Se puder nos ajudar, passe por lá e compre a sua a R$10. O desenho está aparendo na página dessa notícia no sítio.

Agradecer aos músicos presentes é traiçoeiro, vou acabar esquecendo alguém. Peço desculpas antecipadas e mando um beijo para a turma que abrilhantou a comemoração com sua presença, como Zé da Velha, Silvério Pontes, Camunguelo, Wilson Moreira, Argemiro, Jair do Cavaquinho, Davi do Pandeiro, Tia Surica, Dorina, Zé Luis, Delcio Carvalho, Beth Carvalho, Bandeira Brasil, Quarteto Maogani, Tia Eunice, Agenor de Oliveira, José Ventura, Pedro Amorim, Jorge Simas, Humberto Araújo, Manuela, Teresa Cristina, Pedro Miranda, Samba na Veia, Mário Moura (do grupo Fidelidade Partidária de Minas Gerais), Humberto Araújo, Ernesto Pires, Cabelinho, José Ventura, Eliane Salek, Carlos Mauro (do grupo Tio Samba), Roberta Valente, Ênio e Edu (do Quarteto de Cordas Vocais de Campinas), Daniel (do Choro Bandido de Campinas), grupo Roda de Saia, Renatinho Partideiro, Marcelo Menezes, Didu Nogueira, e, não podemos deixar de falar do nosso super grupo básico, formado por Luis Filipe de Lima, Gallotti, Marquinhos Basílio e Gilson do Pandeiro. Se você lembrar de nomes que não incluí, por favor adicione-o como comentário desta notícia.

Aproveito também para agradecer ao pessoal do Centro José Bonifácio. O que não foi contado é que na semana da festa quase melou tudo com a troca da direção do Centro. Foi um stress danado. Fica aqui então nossos sinceros agradecimentos ao ex-diretor Januário Garcia, com quem combinamos toda a festa, e à Carmem Luz, a nova diretora que não só manteve o apoio, como tenho certeza que fará com que o belo José Bonifácio conquiste sua merecida importância na cultura de nossa cidade. Será fácil, pois conta com funcionários como o Cícero e o Machado que nutrem enorme paixão por seu trabalho. Continuando na seção de agradecimentos, tenho que entregar que os grandes culpados pela festa foram nossos leitores que se dispuseram a organizá-la. Ela não teria acontecido se não fosse a Eugênia, a Chris, o Márcio, a Régia, a Bia, o Fred, o Fernando, Elias e família, o Luis Fernado, e principalmente, a Carmen, que tomou a frente de tudo.

Termino agradecendo a todos que compareceram e que tornaram a festa o sucesso que foi. Em breve colocarei várias fotos por aqui.

Voltar para Manchetes de Outubro de 2001

Enviar por email | Imprimir

Comentários dos leitores

Gente,
a festa foi de arrasar! Agradeço muito por ter conhecido todos vcs da tribuna e por poder aprender tanto sobre a raiz da música brasileira, convivendo tão intensamente com quem faz a melhor música do mundo. Parabéns a todos: músicos, organizadores, leitores, participantes, etc.

beijo saudoso,
Luli.
LUCILA MARIA RODRIGUES ESTEVES
16 de Outubro de 2001 #

A festa foi um porre. Porre de musicos de qualidade de musica de primeira e de pessoas amantes da boa musica. A impressao que se tinha era que a festa era no nosso quintal. Estamos todos de parabens desde quem organizou ate quem foi so para curtir. Imagino que o trabalho tenha sido grande mas voce nao acha que essa festa deveria entrar para o calendario do site? E um aviso para galera que compareceu vamos comprar a camiseta, ok?

Obs: Sera que o Paulinho (Eduardo das Neves) acordou de ressaca? Porque eu acordei.
sylvia palhares marinho
16 de Outubro de 2001 #

Fiquei chateada de não ter podido ir nessa festa! Mas, mando meu abraço ao pessoal da tribuna e ao Paulo Eduardo.
Parabéns e vida longa!
Luciana Rabello
16 de Outubro de 2001 #

Aguardo a possibilidade de adquirir a camiseta, via internet, já que moro em BH.
Ailton Stauffer Jr.
16 de Outubro de 2001 #

Prestígio. Foi o que demonstrou, pela quantidade de músicos e público que reuniu, o trabalho realizado pela Agenda do Samba & Choro em seu primeiro e bem-sucedido lustro de existência.

Privilégio. Foi o que todos devem ter sentido pela oportunidade de fazer parte da festa, por assistir à animação daquela interminável e impressionante roda naquele lugar admiravelmente agradável, por ter em volta aquela gente toda em paz e alegria, reunida por causa de uma grande paixão musical.

O sucesso da festa coroa o trabalho bem sucedido da Agenda do Samba & Choro, impingindo-lhe a responsabilidade de se manter como cada vez maior divulgador do que acontece em todo o país relacionado com esses gêneros musicais.

Orgulho-me da oportunidade de colaborar eventualmente com a Agenda do Samba & Choro.

Salve o maior botequim virtual de todos os tempos, que mostrou que a realidade que dele adveio supera suas próprias expectativas. Vida longa!

Parabéns a meu amigo Paulo Neves, cuja paixão pelo que faz é, mais que tudo, responsável por esse sucesso.
Fábio Liberal
16 de Outubro de 2001 #

Infelizmente não pude ir a festa, e já estou esperando pela próxima edição...Quem sabe ainda em 2001?
Deixo aqui os parabéns a todos que colaboraram na organização.
Abraços,

Rosana Rodrigues Heringer
16 de Outubro de 2001 #

Parabéns aos organizadores e participantes desse evento que fiquei sabendo ,foi maravilhoso .
Pessoas como vocês é que tocam esse bonde alegre que é a nossa música de primeiríssima qualidade
Beijos
meirinha

Obs. fiquei em Sampa morrendo de inveja
mary
16 de Outubro de 2001 #

Belo casarão, bela festa, berla a alegria das pessoas!!! Parabéns! Vanda
Vanda Barreto Lopes
16 de Outubro de 2001 #

Foi a melhor roda de samba e choro que eu fui nos ultimos anos.
Quem nao compareceu nao ima -
gina,nem de longe, o que perdeu.
Parabens Paulo e a todos aqueles que, de alguma forma, con-
tribuiram para a beleza da festa.
Beto da Portela
Beto da Portela
17 de Outubro de 2001 #

Feliz de quem compareceu na festa mais bonita do ano!!

Os deuses nos deram uma esplêndida tarde ensolarada e um lindo casarão; os santos como Pixinguinha, Clementina e muitos outros nos abençoaram, sorrindo e participando felizes da festa (mesmo que muitos me jurem que eram apenas fotos nas paredes do Centro Cultural José Bonifácio); e finalmente os heróis, os maiores bambas do mundo do samba e do choro, que compareceram e nos presentearam com sua arte e alegria. Nós, os mortais, ficamos lá, embevecidos, sorrindo de orelha a orelha, em estado de graça.

Mas é até injustiça usar essas metáforas religiosas/mitológicas! A festa ter sido maravilhosa, com a presença de vários de nossos mais amados sambistas e chorões, não foi presente dos deuses: foi fruto do imenso carinho que músicos e leitores têm pela Agenda e pelo Paulo, mais do que merecedores de muitas homenagens e festas tão boas ou melhores do que esta (se é que isso é possível, pois afinal não é em qualquer festa que o parabéns é tocado por Zé da Velha e Silvério Pontes e a Beth Carvalho canta "Minha Festa"!)
Christiane de Assis Pacheco
17 de Outubro de 2001 #

Não pude ir à festa e nem preciso falar de meus sentimentos ao ler a matéria.

Mas vou comprar a camiseta, esperando pela próxima, torcendo para que seja breve.
Luciano de Castro
17 de Outubro de 2001 #

Aiai... que dizer? Sei lá, não sei... :-) Um superparabéns ao Paulo, mentor e idealizador disso tudo...
Aproveito para destacar a presença dos músicos e cantores Marco Bezerra, (o Marcão do Samba que Sabe), Pecê Ribeiro, e Márcia e Eliane Duarte.
Eugênia Rodrigues
17 de Outubro de 2001 #

Outro músico presente: Milanez, da VG do Império.
Christiane de Assis Pacheco
17 de Outubro de 2001 #

Uma gotinha caiu do cantinho do olho, quando meus filhos Luciano, Joana e Rodrigo me contaram alguns detalhes da festa. Soube que Luciano mandou braza na cuica, e que o ambiente estava carregado de "Alto Astral". Pena eu, carioca cheio de saudades, aqui em Foz do Iguaçu, não ter podido comparecer, para dizer o quão vocês são importantes para a história e a cultura brasileira. Um abração.
Johnson Mayer Andrade dos Santos
17 de Outubro de 2001 #

SUCESSO!!
Paulo,não pude ir na festa.
Deixo meus parabens,vc sempre deu a maior força para turma que organiza rodas de samba.
Um beijo muito carinhoso.
Renaata cholbi
17 de Outubro de 2001 #

Infelizmente eu trabalhei no feriado e não pude comparecer. Mas soube através dos amigos de Campinas que a festa foi de entrar pra história!!! Paulo, você já pensou em fazer a Festa da Agenda do Samba & Choro todos os anos? Imagine só, o evento tem tudo para entrar no calendário do Rio de Janeiro, assim como o Pagode do Trem, entre tantos!!! Mais uma vez parabéns.
Bruno Ribeiro
18 de Outubro de 2001 #

Quero lembrar também da presença da Kika do pandeiro, que arrasou!
Roberta Cunha Valente
19 de Outubro de 2001 #

Pelo visto esquecemos dos pandeiristas, também estavam presentes dois grandes instrumentistas: Ivan Milanez, super percussionista e integrante da Velha Guarda do Império, e Márcio Gomes, pandeirista de primeira vindo de Juiz de Fora.
Paulo Eduardo Neves
19 de Outubro de 2001 #

Eu e o pessoal em Sampa estamos aguardando algum lugar onde possamos adquirir a camiseta, já que não foi possível comparecer à festa ( snif...) . Quem sabe expô-las em uma barraca na recém-inaugurada Praça do Choro , em frente à Sala São Paulo . Ficarei contente de poder contribuir dessa maneira , afinal vocês , organizadores , já nos presenteiam há cinco anos com esse sítio que é um verdadeiro Memorial do Samba e do Choro .
Valeu !!!
Luciana Fernandes Rosa
21 de Outubro de 2001 #

Paulo,

Parabéns pela festa e por esse maravilhoso site. Moro em Maceió,por isso não posso desfrutar das maravilhas do chorinho carioca. Aqui, temos o Bar do Galêgo, que, aos sábados, reúne uns 150 chorões. Como faço para adquirir uma camisa pa~ra ajudar nos custo?
Felipe Carvalho
21 de Outubro de 2001 #

Não fui a festa, mas me emocionei só de ouvir as notícias.
O verdadeiro samba retoma a ofensiva !
Não acho secundário o fato de termos reunido 1.000 pessoas na festa. O bom samba não deve ficar restrito a um grupo pequeno de resistencia. Deve ganhar os corações dos milhões, deve se efetivar como a música do Brasil.
Nunca desaparecemos. Mas estamos (ou estavamos?)em uma certa defensiva. Eventos como a festa mostra que as coisas estão mudando.
Viva o samba e viva a nossa tribuna!
julio vellozo
22 de Outubro de 2001 #

Fala pessoal.
Na verdade nao fui na festa e nem ao menos sabia dela.
Soh comecei a receber a agenda nestes dias e estou muito alegre com esta vida que tem o nosso samba e choro e com o fato de ter ainda muita gente boa divulgando e principalmente fazendo musica.
Infelizmente vou ficar ainda mais um tempo sem poder ouvir chorinho e samba (exceto os cds q eu trouxe) pq estou atualmente morando na Alemanha. Mas qdo voltar para o Brasil vou ver mais de perto o trabalho de toda esta gente.

Grandes abracos

Roberto
Mannheim - AL
Roberto Florindo
23 de Outubro de 2001 #

ME SINTO, AO LER ESTAS NOTÍCIAS, COMO SE ESTIVESSE NO JOSÉ BONIFÁCIO, TOMANDO AQUELA CERVEJA GELADA, UM CALDINHO DE FEIJÃO E CONFRATERNIZANDO COM ÀQUELES QUE SENTEM NA PELE O QUE É LUTAR PELA SOBREVIVÊNCIA DO SAMBA AUTÊNTICO... PAULO, MAIS UMA VÊZ VOCÊ VENCEU PELO CANSAÇO... PARABÉNS PELA INSISTÊNCIA, PELA CORAGEM E PELO AMOR QUE VOCÊ TEM POR TUDO QUE FAZ PELO SAMBA... NÓS SOMOS, MAIS UMA VÊZ, VENCEDORES!
Alfredo Hacl Castro
23 de Outubro de 2001 #

Pelas notícias que acabo de ler, a festa com certeza foi maravilhosa. A única coisa que posso sentir é uma pontinha de inveja por não poder ter comparecido. Vamos ver se na próxima... Um abraçÃo para todos,
Bilinho
Domingos Couto Teixeira
23 de Outubro de 2001 #

Gente:

Por motivos particulares, só hoje tenho condições de comentar a nossa festa.
Lindissima! Um astral maravilhoso, uma tarde mais carioca seria impossivel. Parecia um sonho ver encher devagarinho o lindo casarão que abriga o Centro Cultural José Bonifácio. Encher de alegria, de boa música, de muita cultura e, sobretudo de muito samba e choro.
Que o site é querido e respeitado eu já sabia. Eu mesma chamava a nossa festa de "a roda do milênio" ... mas, devo confessar que fiquei surpresa ao ver chegar tanta entidade junta. Foi bom demais !!!!
Estiveram naquele pátio mais de 70% do que há de melhor, hoje, na nossa música. Os 30% que faltaram estiveram presentes: nas suas composições, na ausência justificada, no carinho que dedicamos a eles.
Faltou cerveja? Faltou AMA? O refrigerante e a comida esgotaram?
Pela primeira vez não vi o pessoal reclamando ... todos esperam a reposição do estoque num clima de alegria e cooperação ...
Alguns instantes inesqueciveis: a Beth cantando com Seu Jair (da VGP da minha amada Portela), Tia Surica emocionada, com os olhos cheios de lágrimas depois de cantar Candeia, Argemiro cantando "A Chuva", Zé da Velha tocando Parabéns prá Você, o encontro de tribuneiros deste mundão de Brasil .... Foi lindo demais ....
Alguém sugeriu que esta data aconteça todo o ano. Acho a idéia mais que barbara ... o duro vai ser esperar :-))
Parabéns ao Paulo, aos músicos, ao pessoal do Centro Cultural José Bonifácio, a todos os que ajudaram esta linda festa acontecer !!!!
Parabéns a todos nós que amamos este site, pelo que ele representa para a divulgação daquilo que é, na realidade, o que mais amamos: o samba e o choro, expressões do que temos de mais bonito no jeito de sermos brasileiros !

Que esta data signifique sempre uma forma alegre e carinhosa de expressarmos todo o nosso amor, reunindo aqueles que, de uma forma ou outra constroem esta identidade ...

A festa foi uma grande declaração de amor ao samba e ao choro e isto deve ser louvado!!!!!!!

Parabéns !!!

Beijos carinhosos,

Carmen
Carmen Lucia Evangelho Lopes
23 de Outubro de 2001 #

Estive na festa e constatei como o samba de raiz estará sempre na moda. Música de qualidade, pessoas de bem com a vida, ambiente agradável e um super alto astral.
Parabéns a todos.
Roberto M. Alves
24 de Outubro de 2001 #

Desejo muito sucesso a Agenda, um feliz aniversario e o abraco ao amigo Paulo, nosso companheiro de samba e choro!
OBS:A camisa do aniversario da agenda ficou otima e todos estao correndo atras!!!
Jorge Cardoso
26 de Outubro de 2001 #

Fui a festa e fiz meu comentario logo na edicao seguinte. Mas todas as vezes que entro no site do Samba-Choro fico emocianada com os comentarios. Novamente me vem a lembranca aquela tarde espetacular com detalhes ate nao percebidos por mim. Que bom, parabens Paulinho. E viva a Musica Popular Brasileira.
Sylvia Palhares Marinho
26 de Outubro de 2001 #

Depois de tantos comentários sobre a Festa, qualquer coisa que se escreva soará redundante. Dizer dos músicos e compositores que por lá desfilaram sua genialidade, e da platéia que permanecia em êxtase diante daquele "altar" será pleonástico.
Quero deixar o depoimento de quem, após andar quase mil quilômetros, continuava não acreditando em tudo que via e ouvia. A primeira surpresa para alguém do interior de S.Paulo foi o céu azul casado com temperatura amena. O segundo "frisson" foi entrar no casarão do Centro J.Bonifácio, escolhido pela xará Carmen, e deparar com um clima de História, Geografia, Cultura e outras tradições brasileiras, de arrepiar qualquer mortal. Mas a maior surpresa mesmo foi quando percebi quem era o Paulo do Site, que sempre imaginei, pela ousadia de idealizar esta página e pela percepção para captar tão boa matrizes, tratar-se de alguém que tivesse vivido sua juventude pelos anos 60. Preconceito meu? de não crer que gente jovem possa conhecer e amar nossas raízes musicais?
Obrigada, GAROTO, por proporcionar tamanho troféu a todos nós.
Abraços,
Carmen Lúcia
Carmen Lúcia Zambon Firmino
28 de Outubro de 2001 #

E que festa!!!! Como se diz por ai, EU FUI! Ainda bem, pois não suportaria saber disso tudo e estar de fora. Tudo estava ótimo. A música, a cachaça, o clima de confraternização. Como disse uma amiga, parecia que estavamos no Samba in Rio! Poder assistir Camunguelo, Dorina, Sr. Argemiro, Beth Carvalho e ainda, em primeira mão, Pedro Amorim cantando, entre outros, não há como descrever. Quem perdeu, perdeu demais!!! Valeu, agora é aguardar as festas de aniversário dos 6,7,8,9...
Marcela Machado de Freitas
30 de Outubro de 2001 #

Índice
Manchetes de Outubro de 2001

<< Anterior
Festa de @ comemora 5 anos de Agenda do Samba & Choro (tem mapa!)

Próxima >>
Ufa! Problemas no servidor resolvidos


» Envie esta notícia para um amigo

» Imprima esta notícia


Notícias | Casas com música | Artistas | Tribuna Livre | Artigos e debates | Fotos | Partituras | Compras | Amigos do Samba-Choro | Busca

Receba notícias sobre samba e choro por email:

Contato | Privacidade | Sobre este sítio
©Copyright 1996-2017
Samba & Choro Serviços Interativos LTDA
(Todos os direitos reservados).