Agenda do Samba & Choro

Livro conta a história da Velha Guarda da Portela

Google
Web samba-choro.com.br
 Página principal » Notícias » Notícias antigas

Receba grátis nosso informativo:


36204 assinantes
Exemplo | Cancelar | Trocar email Notícias enviadas às terças e sextas.



Assine em um leitor de notícias RSS


Se você gosta de nosso trabalho, nos apóie se tornando um Amigo do Samba-Choro.

Por Paulo Eduardo Neves
Publicada em 29 de Maio de 2001 
Assunto: Livros

A Velha Guarda da Portela é o melhor grupo de música brasileira. Você pode até discordar, apontar grupos mais virtuosísticos ou inovadores. Só que nenhum outro grupo tem a tradição dos bambas de Oswaldo Cruz com seu repertório belíssimo e original. O livro "Velha Guarda da Portela" de João Batista M. Vargens e Carlos Monte vem lhes prestar as devidas homenagens. É um trabalho de amor, reverência e cuidadosa pesquisa.

Cada capítulo do livro aborda uma faceta diferente do grupo. O início é quase acadêmico, contando a história do lugar, desde de as terras do português Miguel Gonçalves Portela. Adiante o tom muda e se fala sobre a gravação do primeiro disco, produzido por Paulinho da Viola; há depoimentos sobre o grupo; descreve-se os legendários quintais que serviram de ponto de encontro dos bambas; a origem das pastoras; há uma divertidíssima série de causos envolvendo os integrantes da trupe; comenta-se as apresentações mais marcantes através dos anos; as fichas técnicas de cada um de seus discos; e muito mais. Um capítulo especial é dedicado às biografias de cada um dos bambas que já integraram o grupo, de seus primeiros integrantes, como Alvaiade e Aniceto, aos "caçulas" Áurea Maria e Serginho Procópio. O livro ainda está recheado de fotos, várias raríssimas. Perto do final tem um capítulo que fará babar os músicos fãs da Velha Guarda. É uma coleção de 30(!) sambas de terreiro praticamente inéditos da Portela acompanhados de suas partituras. Digo "praticamente" porque claro que vai ter um chato a lembrar que "Concurso para Enfarte" de Alvaiade já foi gravada por Oswaldo dos Santos no disco "Encontro com a Velha Guarda". Para deixar tudo ainda mais bonito, ainda há várias ilustrações do Lan.

Os autores são mais do que vinculados à escola, são ligados às tradições e músicas dos bambas de Oswaldo Cruz. João Baptista passou a adolescência em Oswaldo Cruz (berço da escola), que também escreveu a biografia de Candeia e foi um dos fundadores da escola de samba Quilombo. Carlos Monte sempre foi muito ligado à escola, tendo sido diretor cultural entre 1972 e 75, sendo hoje mais conhecido por ser pai da cantora Marisa Monte.

O lançamento será nesta quarta no Museu da Imagem e do Som na Praça XV. A partir da semana que vem o pessoal da Editora Manati deve estar vendendo-o aqui na nossa seção de compras.

Voltar para Manchetes de Maio de 2001

Enviar por email | Imprimir

Comentários dos leitores

Paulo,
O Osvaldo dos Santos mencionado por você no texto acima é o próprio Alvaiade.
Um beijo,
Teresa Cristina.
Teresa Cristina
16 de Junho de 2001 #

Gente:

O Paulo esqueceu de falar na capa. Toda azul, com destaque - em relevo plastificado - para Seu Jair, no auge de seus 80 anos, dançando miudinho. Maravilha!
Quem ainda não viu: corra!
Depois que esgotar não vai adiantar nada ficar reclamando ...

Beijos

Carmen
Carmen Lucia Evangelho Lopes
19 de Junho de 2001 #

Achei legal a iniciativa dos autores dedicarem o livro aos padrinhos da Velha Guarda: Clara Nunes e Paulinho da Viola. Só achei estranho o livro conter apenas uma foto da Clara, muito pequena, no meio da filmagem de um especial do Paulinho pra tv Cultura, que é preciso uma lupa pra distinguir o rosto da Mineira. Da Marisa Monte por exemplo, são duas fotos, grandes, ocupando uma página inteira. Fotos de João Nogueira, Roberto Ribeiro, Beth Carvalho, que gravaram e prestigiaram a Velha Guarda ao longo de suas carreiras inextistem no livro.
Rodrigo Valle
19 de Junho de 2001 #

Só não gostei da poesia piegas na contracapa do livro.
Gisela Lemos
19 de Junho de 2001 #

Aconpanhei,em parte,a elabra-
ção deste livro e constatei que os autores o fizeram com muita dedi -
cação e carinho.É leitura obriga -
tória para todos aqueles que viven-
ciam o samba e, principalmente,pa-
ra os que são portelenses.
Parabéns João Baptista Vargens
e Carlos Monte.

Beto da Portela
Beto da Portela
19 de Junho de 2001 #

eu sou portelense nato,meu coração é azul e branco,eu tenho 40,anos e a 8,estou morando em cabo frio,pois sou militar da marinha e fui tranferido pra ca,em toda minha vida eu sempre procurei ouvir e ler tudo que se referise a portela.mais foi so em 1999,que eu tive a oportumidade de conheçer a velha guarda pessoalmente,pois eles fizeram um show aqui em cabo frio, foi um dos dias mais importantes da minha vida,pois eu tive a oportunidade de conversar com meus idolos maior,e até tomar uma antártica gelada monarco me tirou varias dúvida,mais a emoção foi tanta que na hora deu um branco e olha que eu ainda tenho muito que aprender sobre estes sambistas maravilhosos que fizeram a historia do nosso samba.
eu gostaria muito de saber alguma coisa sobre walter rosa que por acaso é meu chara,mijinha,alvarenga ari do cavaco,ventura,por favor me escrevam.
eu espero que neste livro que eu tenho certeza que sera um sucesso fale alguma coisa sobre eles,que tambem ajudou a escrever a historia da minha querida portela.
é so o livro chegar as bancas eu logo pegarei o meu,pois eu tenho um caso de amor com a portela.....



walter sargento
30 de Junho de 2001 #

Oi, Paulo, parabéns, o site continua cada vez melhor. Portelense doente, adorei o livro do João Baptista e do Carlos Montes, que , aliás, recebo já por ocasião do lançamento graças a amizade fraterna e inestimável do meu querido Luis Pimentel ( o site se não o fez devia comentar as duas biografias escritas pelo Pimenta e outros, sobre Geraldo Pereira e Wilson Batista ) que com denodo e galhardia lutou o quanto pode para manter a Revista Musica Brasileira em circulção, que hoje faz muita falta no cenário da cultura e crítica da musica brasileira. Abraços a Monarco, Davi do Paneiro e todos os integrantes da Velha Guarda, a quem desejo vida eterna. A voce Paulo, votos de continuidade no seu vitoriso emprendimento e um abraço do Portelense de sempre João Carlos.
joão carlos de freitas
2 de Fevereiro de 2002 #

Eu gostaria de adquirir o livro da velha guarda da portela,pois,tenho como objetivo, obter maior conhecimento sobre a mesma.
jorge bispo dos santos
2 de Agosto de 2003 #

Índice
Manchetes de Maio de 2001

<< Anterior
Lançamento do livro "Velha Guarda da Portela" amanhã no MIS

Próxima >>
Reportagem sobre Vó Maria no O Globo


» Envie esta notícia para um amigo

» Imprima esta notícia


Notícias | Casas com música | Artistas | Tribuna Livre | Artigos e debates | Fotos | Partituras | Compras | Amigos do Samba-Choro | Busca

Receba notícias sobre samba e choro por email:

Contato | Privacidade | Sobre este sítio
©Copyright 1996-2017
Samba & Choro Serviços Interativos LTDA
(Todos os direitos reservados).