Agenda do Samba & Choro

Ó do Borogodó

Google
Web samba-choro.com.br
 Página principal » Casas de Samba & Choro

Receba grátis nosso informativo:


39945 assinantes
Exemplo | Cancelar | Trocar email Notícias enviadas às terças e sextas.



Assine em um leitor de notícias RSS


Se você gosta de nosso trabalho, nos apóie se tornando um Amigo do Samba-Choro.

 
Horário: Seg (22h) Ter (22h30) Qua (23h) Qui (23h) Sex (23h) Sáb (15h) Dom (19h)
Endereço: Rua Horácio Lane, 21 (Pinheiros) (11) 3814-4087 São Paulo _SP_
Recomendada
Músicos: 5
Ambiente: 5
Som: 5
Opinião do Público: 4.2

Editado por Roberta Cunha Valente
Última atualização em 27/05/2013
Alguma desatualização? Avise ao editor.

O local é extremamente agradável, simpático e descontraído. A frequência é predominantemente jovem, exceto às terças, quartas e quintas, quando fica bem variada.

Os donos do bar dão muita importância à música de qualidade.

Aos domingos, João Borba e banda

Às segundas, roda de samba com Adriana Moreira e grupo.

Às terças, samba com Giana Viscardi e choro com Grupo Choro Rasgado: Zé Barbeiro (7 cordas), Roberta Valente (pandeiro), Rodrigo Y Castro (flauta) e Alessandro Penezzi (violão).

Às quartas, samba com D. Inah e choro com grupo Cadeira de Balanço;

Às quintas, samba com Juliana Amaral, e choro com Grupo Ó do Borogodó: Gian Correa (violão de 7 cordas), Alexandre Ribeiro (clarinete), Ildo Silva (cavaquinho), Roberta Valente (pandeiro), Samba (percussão) e Cebolinha (tantã).

Na sexta a programação da casa é variada, é a noite dos shows. A primeira sexta de todos os meses traz a cantora Ione Papas. Na segunda sexta do mês apresentação da cantora Carmen Queiroz, sempre acompanhada por Zé Barbeiro (violão de 7), Henrique Araújo (cavaquinho), João Poleto (sax e flauta), Douglas Alonso (percuteria) e Roberta Valente (pandeiro).

Aos sábados, o grupo de choro Cochichando (Paulo Ramos no 7 cordas, João Poleto no sax/flauta, André Hossoi no bandolim, Ricardo Valverde no pandeiro e Ildo Silva no cavaco) com a cantora Anaí Rosa.

Sábados à tarde: deliciosa feijoada e roda de samba com dois grupos que revezam: Bula na Cumbuca (nos dois últimos sábados de cada mês) e Inimigos do Batente (nos dois primeiros sábados), formado por Railídia (voz), Fernando Szegeri (voz, ganzá), Paulinho Timor (percussão geral), Cebolinha (repique de anel), Julio Vellozo (cuíca), Kico Nogueira (cavaquinho), Marcelo Homero (voz, surdo), Cabelinho (pandeiro), Luís "Tchubi" (violão de sete cordas).

O bar vive lotado. O ideal é chegar cedo (ou mais tarde...). O espaço é muito gostoso, vale a pena conhecê-lo. Na minha opinião, o Ó do Borogodó é o melhor bar de samba e choro de SP.

Entrada: R$ 20. Na feijoada, aos sábados à tarde, R$ 20. Sextas, sábados, domingos, feriados e véspera de feriado R$ 25.

Voltar índice de casas.

Comentários

Mostrar primeiro os comentários: Mais recentes | Mais antigos | Mais críticos | Mais elogiosos

Clique aqui para comentar e/ou dar uma nota

GRUPO MOSAICO
“Choro e Samba Raiz"

Eventos em geral
Contatos:
e-mail- marcosgonzaga01@outlook.com
e-mail - contato@grupomosaico.com.br
Fone: (11) 9.9512-3308
Marcos Gonzaga
28 de Outubro de 2014

GRUPO MOSAICO
“Choro e Samba Raiz"

Eventos em geral
Contatos:
e-mail- marcosgonzaga01@outlook.com
e-mail - contato@grupomosaico.com.br
Fone: (11) 9.9512-3308
Marcos Gonzaga
30 de Setembro de 2014

Nota: 1
Lugar cheio, sem infraestrutura, caro, muito diferente do ó do borogodo que eu frequentei por tantas noites em 2003, 2004, 2005. Tristeza, acabaram com o ó.
katia
27 de Setembro de 2014

Nota: 5
bom ja fui varias vezes lugar muito bom nota 5x2
ronaldo
19 de Setembro de 2014

GRUPO TOQUE DE UNIAO
"PAGODE E SAMBA"
Contatos:
e-mail- contato@grupotoquedeuniao
e-mail- producao@grupotoquedeuniao.com.br

Whats/Tel: 9.6825-7533(oi)
Whats/Tel: 9.7630-0640 (Claro)Rose - Produtora
Alvaro Gomes da Silva
12 de Setembro de 2014

Nota: 5
Os melhores artistas de samba da atualidade estão aqui.]

rainbow.ape@bol.com.br

(11) 5622-6693

93*122563 Nextel

92*2091 Nextel

(11) 98318-6540 Tim
Manollo Hannishi
14 de Agosto de 2014

GRUPO MOSAICO
“Choro e Samba Raiz"

Eventos em geral
Contatos:
e-mail- marcosgonzaga01@outlook.com
e-mail - contato@grupomosaico.com.br
Fone: (11) 9.9512-3308
Marcos Gonzaga
13 de Agosto de 2014

GRUPO MOSAICO
“Choro e Samba Raiz"

Eventos em geral
Contatos:
e-mail- marcosgonzaga01@outlook.com
e-mail - contato@grupomosaico.com.br
Fone: (11) 9.9512-3308
Marcos Gonzaga
26 de Julho de 2014

GRUPO MOSAICO
“Choro e Samba Raiz"

Eventos em geral
Contatos:
e-mail- marcosgonzaga01@outlook.com
e-mail - contato@grupomosaico.com.br
Fone: (11) 9.9512-3308
Marcos Gonzaga
18 de Julho de 2014

GRUPO MOSAICO
“Choro e Samba Raiz"

Eventos em geral
Contatos:
e-mail- marcosgonzaga01@outlook.com
e-mail - contato@grupomosaico.com.br
Fone: (11) 9.9512-3308
Marcos Gonzaga
15 de Julho de 2014

Nota: 5
Sou produtora do Samba do Souto, roda de samba de raiz com a melhor voz de samba do Brasil, Marcio Souto, foi puxador da Caprichosos, São Clemente, estourou com a musica Coração Radiante em 1999. e hoje é puxador oficial do bloco spanta nenem da Zona Sul do Rio. Segue meu telefone para shows: (21)98533-6727
Susana Salviano
14 de Maio de 2014

Sou produtora do Samba do Souto, roda de samba de raiz com a melhor voz de samba do Brasil, Marcio Souto, foi puxador da Caprichosos, São Clemente, estourou com a musica Coração Radiante em 1999. e hoje é puxador oficial do bloco spanta nenem da Zona Sul do Rio. Segue meu telefone para shows: (21)98533-6727
Susana Salviano
14 de Maio de 2014

Olá!
Só pra atualizar, há uns três anos os dois primeiros sábados do mês a roda da tarde é com Inimigos do Batente, com Dil Bandeco no pandeiro. Os dois últimos, a roda da tarde é com o Bula da Cumbuca, Paula Sanches(voz), Caca Sorriso (Percussão/voz), Dil Bandeco (pandeiro), Luiz To Be (violão7), Marcelo Homero(surdo/voz) Paulinho Timor (percussão. Abs e Obrigada!
Rosa
28 de Janeiro de 2014

Contrate o Grupo Nosso Conceito para eventos promocionais, culturais, festas de aniversário, casamento e casas de samba.

O mais tradicional estilo de samba.
(11) 97153-4055
(11) 7793-1271
ID: 114*47561
Grupo Nosso Conceito
15 de Janeiro de 2014

Gostaria de fazer meu aniversário esse sábado..qual o tel de contato? ligo no informado mas sem sucesso
Fernanda
22 de Novembro de 2013

Nota: 5
Lugar agradabilíssimo.
Eder Ventura
7 de Novembro de 2013

Nota: 1
Achei a banda muito ruim.
Inventa um show de rádio sem graça, só toca música desconhecida e não anima ninguém.
Decepcionante.
Evite!
Lucas
21 de Setembro de 2013

Homem chorar ao seus pés - Chorar nos meu pés - simpatia para a pessoa pensar em você – Leia sozinho. Não acreditava que ia dar certo, mas...Vamos brincar de magia?? Funciona mesmo!! Entrei neste site e fiz esta prece. Fiz para ver se ia dar certo e deu, assim que acabei meu amor ligou. A
pessoa que eu copiei não acreditava. VEREMOS. Para você mesmo, diga o nome do único rapaz ou moça com quem você gostaria de estar (JB)...Pense em algo que queira realizar na próxima semana e repita para você mesmo (seis vezes). Se você tem um desejo, repita-o para você mesmo (nove vezes)....Nossa Senhora do Desterro, desenterre (JB) de onde estiver ou com quem estiver e faça ELE me telefonar ainda hoje, apaixonado e arrependido, desenterre tudo que está impedindo que (JB) venha para mim (FVB), afaste todos amigos, que ele não tenha pensamentos para outras coisas e amigos e sim para mim, pense em mim, me telefone e me ame. Confio no seu poder e sei que serei atendida. Amém Nossa Senhora do Desterro, desenterre e(JB) de onde estiver ou com quem estiver e faça ele me telefonar ainda hoje, apaixonado e arrependido, desenterre tudo que está impedindo que(JB) venha para mim (FVB), afaste todos amigos, que ele não tenha pensamentos para outras coisas e amigos e sim para mim, pense em mim, me telefone e me ame.
Confio no seu poder e sei que serei atendida. Amarra homem, amarra homem, amarra homem.
(JB) te prendo e te amarro tua alma , teu espírito e teu corpo, as forças te trarão chorando aos
meus pés, tu não hás de comer , tu não hás de falar com outra mulher enquanto não me procurar para pedir o meu amor, o meu perdão e a nossa reconciliação. Te prendo (JB) com toda força, amarrado a mim, dominado por mim, nenhuma outra mulher te interessará, tu terás pensamento só
em mim, meu amor por ti será tudo. Socorro ! Salve Rainha do Cruzeiro, traga (JB) de volta imediatamente, que (JB) mande mensagem, me ligue, me procure , me ame loucamente, não tenha vontade de fazer mais nada enquanto não ligar para mim(FVB), me procurar e queira me amar , ficar, sair, namorar, transar e estar comigo sempre, o tempo todo, que perca o juízo quando estiver comigo, que (JB) sinta saudades, vontade de mim o tempo todo, de manhã, de tarde, a noite, de madrugada, que não pare de pensar seteem mim nenhum momento....que eu fique na cabeça dele 24 horas por dia, e sinta muita vontade de estar comigo(FVB), como eu estou sentindo dele neste momento. Prometo publicar esta oração, pois sei minha Salve Rainha que sua bondade é
grande.Amém. Que Assim seja! Assim será! amém!!12345
ray
23 de Outubro de 2012

Nota: 2
Este me9todo e9 muito enriquecedor e ne3o e9 monf3tono como os me9todos cvonencionais, mas creio que ne3o se aplica a todos os tipos de mate9rias. Ale9m disso, e9 sempre bom ter tambe9m um material de refereancia para consultar depois e, assim, reter melhor o conhecimento. Abrae7os.
PoNubeQjvPF
5 de Agosto de 2012

Nota: 5
Algo que li faz algum tempo atre1s dizia que mesmo que uma empresa ne3o tenha um site ela tem preesne7a na web. As redes sociais este3o aed para provar isso e quanto antes as empresas e marcas se mancarem , maior sere1 a chance de monitorar a sua existeancia na rede! Ne3o sf3 para monitorar e apagar os inceandios mas tambe9m melhorar os servie7os, ajustar os produtos, enfim, se posicionar frente ao consumidor!Parabe9ns Nepo, mais um beledssimo artigo!Abrae7os!
tamara
6 de Julho de 2012

Nota: 5
o samba volta em que dia de janeiro?
fagner moura
4 de Janeiro de 2012

Nota: 5
Estive com minha fámilia, para comemorar o aniversário da minha filhota, simplesmente adorei. Meu próximo niver com certeza será neste espaço maravilhoso com um chorinho e um samba da hora.
Neuza
12 de Dezembro de 2011

Nota: 5
um lugar simples, porem perfeito pra uma noite agradavel com musica boa e pessoas simpaticas. um dos meus lugares preferidos!
natalia de sa
14 de Novembro de 2011

antigamente a agenda que predominava era a do traço, mas pessoas sairam de lá e foram pro ó.
se forem para outro lugar, a agenda será a do lugar que os interessados estão.
é assim.
no fundo esse papo de amor ao samba etc.
querem é aparecer.
caio
31 de Agosto de 2011

Essa agenda é engraçada ..... só existe a programação do ò do borogodó ....... melhor mudar o nome p agenda do ó do borogodó ....pq das outras casas não aparece a programação .... muito estranho
andrea
7 de Agosto de 2011

Nota: 4
Já virou meu point!!! Faço sempre a maior propagando do lugar pra todo mundo. Samba de verdade, de qualidade, mesmo quando morava no Rio não encontrava com facilidade locais com tao boa música, gente bonita e desencanada. Peca apenas pela falta de espaço, pelos banheiros sem estrutura, pelo caixa único e por não aceitar crédito. O resto tá perfeito.
Suelen
21 de Julho de 2011

Nota: 5
Nossa, estive aí a um tempo e amei o lugar, fui sozinha,não conhecia ninguém e logo estava enturmada, ôoooo povo bom danado, ameiii!!
Espero voltar em breve pois dos dia 20 ao 25 estarei em Sampa e com ceretza darei um jeito de ir, nem que seja sozinha novamente...rsrs
Bartira Coutinho de Andrade
2 de Julho de 2011

Nota: 5
Good to see a tlneat at work. I canÂ’t match that.
tpAaTKmOvSJoq
11 de Junho de 2011

Nota: 5
Como Vinícius de Moraes foi sacana ao dizer que São Paulo era o túmulo do samba. o Oh é o castelo do samba. Sou mineiro, morei em São Paulo no ano passado e, todas as vezes que a saúde permitiu, frequentei a casa. Gostei de todos os shows a que assisti e fiquei fã da Juliana Amaral. Em junho, quando voltarei a SP, espero marcar presença.
aloisio
1 de Maio de 2011

Nota: 1
terrible service
horrivel!
8 de Abril de 2011

Nota: 5
Olá, sou de Jundiaí e gosto muito de música, adorei conhecer a casa e principalmente a qualidade dos músicos que tocam na casa. Gente bonita e culta frequentam o lugar, parábéns aos organizadores.
Marcio Mello
31 de Março de 2011

Nota: 5
È realmente show de bola, samba de primeira, lugar excelente!
Patricia
6 de Março de 2011

Nota: 5
Sin excentricidades...sencillo...auténtico, mágico... su atmósfera me llenó de felicidad
Antonio Moreno
22 de Fevereiro de 2011

Nota: 5
PREZADOS. Somos um Grupo de Samba & Pagode, gostaríamos de fazer uma apresentação do nosso trabalho nesta casa ou talvez fazer uma parceria com a mesma.


Grato,

Eurico Campos
(011) 6375-8905
Eurico Campos
25 de Janeiro de 2011

Quero marcar meu aniversário na sexta-feira 14-01-2011
tatiana
8 de Janeiro de 2011

Nota: 5
Simplicidade, ambiente agradável, atendimento e samba nota 10 do começo ao fim. Me senti em casa.
PAULO CARREIRA
12 de Novembro de 2010

Nota: 5
"Bom amo muito tudo isso", vejo várias reclamações, mas temos ído aí em lugare de decorações maravilhosíssimas e sendo o show um fracasso e pessoas responsáveis pelo local bem piores em termos de tratamentos. O que quero ressaltat que o Ó DO BOROGODÓ é isso aí mesmo, quem gostat curte, quem não aprova não retorna; mas confesso que sou eclética tenho frequentado outros lugares, mas é só para evitar saturação, para não enjoar mesmo, como disse "AMO MUITO TUDO ISSO, SEMPRE!
ROSEMARY SANTOS
5 de Agosto de 2010

Nota: 3
Musicalmente é mesmo muito bom, mas lá vive lotado, é extremamente quente - mal dá pra respirar e tem filas sim.
ana carolina
2 de Agosto de 2010

Nota: 5
Como músico sinto a necessidade de locais de ótima qualidade musical e na Vila Madalena isso está se tornando raro a cada ano. Frequento o Ó todos os sábados desde muito tempo e é um local singular na noite paulistana. É como uma roda de samba em nosso quintal. Além da qualidade indiscutível dos músicos, nomes importantes do samba de São Paulo, o Ó do Borogodó tem uma estrutura excelente: dificilmente encontramos filas nos banheiros e conseguimos andar no local sem nos expremer-mos além, é claro, de podermos sambar sem o problema já citado. Parabéns à todos que tornam este lugar um reduto do samba de São Paulo.
João Pignatari
13 de Julho de 2010

Que horas sairá o bloco do Ó no sabado?
Riat
5 de Fevereiro de 2010

Nota: 5
Adoro o Ó...gosto de samba e chorinho...galera bonita...enfim tudo de bom.
Riat
4 de Fevereiro de 2010

Nota: 5
Esse tal André é mal humorado mesmo. E fundamentalista. Aliás, não conhece samba. O samba do Cartola que toca no filme não é Alvorada. Nota 5 pro Ó. Zero pro André. Acho fantástico que jovens, de qualquer classe, se interessem pelo samba de raiz e pelo choro.
Hélcio Ribeiro
1 de Fevereiro de 2010

Quando acontecerá o grito de carnaval do Ô do Borogodo?
Nos avisem
Luiz Zimermann
29 de Janeiro de 2010

Quando será o Grito de Carnaval do Ò ? Obrigada
Cabral
27 de Janeiro de 2010

Nota: 4
KERIA SABER SE ANO VAI TER O BLOCO DO Ó? NO CARNAVAL? GRTAO SE ALGUEM PODER RESPONDER
Diego
6 de Janeiro de 2010

Sou frequentadora antiga e assidua do Ó. Desta vez estou ocupando este espaço apenas para registrar meu lamento pelo termino do Bando Afromacarrônico ( tocava as quartas ). As viúvas, viuvos e orfãos ... rs deste talentoso grupo não perdem as esperanças de um retorno. Beijos a todos
Cabral
7 de Dezembro de 2009

Nota: 5
Eu quero ir muito bem nesse bar mais ficar muito loge da minha casa, esse bar dizem que e nota 10000000000000000000000 muito bom mesmo
alcilene
22 de Novembro de 2009

Nota: 3
Só fui no lugar duas vezes, então meu comentário não pode ser muito profundo. Como já tive bar e trabalhei muitos anos no meio, vou passar o que senti: nos dias que eu fui a música era muito boa. Da primeira vez então, a cantora me fascinou. Não achei a cerveja com preços absurdos como ouvi em certos comentários, mas talvez porque são paulo já tirou um pouco do meu bom senso com preços de 5 a latinha em outros lugares. Achei o couvert meio caro, o que me fez pensar que voltaria menos vezes do que gostaria, mas nada que me deixasse profundamente indignado, já que a música era muito boa. O que me incomodou um pouco foram mesas desocupadas marcadas com reservas, o aperto terrível que em certo momento me impedia de aproveitar e falta de gentileza do rapaz da entrada, mas que não chegou a ser realmente ofensiva, só desnecessáriamente intimidador. Sempre que alguém fala que quer sair na noite e curtir música brasileira (até porque recebo em meu trabalho muitos músicos internacionais e de outros Estados do Brasil), penso no Ó. Minha dúvida sempre é se vai ser desinteressante pelo clima de Sé na hora do rush, mas hei de arriscar novamente. Música boa e cervejinha gelada, junto de gente bonita sempre me leva a encarar riscos.
Rodolfo
10 de Junho de 2009

Nota: 5
A casa é ótima,acolhedora e aconchegante. Quando morava em Sampa, ia todas as quartas ver Kiko Dinucci e o Bando Afromacarronico. Agora que estou em Santa Catarina sinto tanta falta do verdadeiro samba, um samba contagiante e que nos faz querer sempre mais...Letras que inspiram e dão um novo gás a todos que ouvem.
Quero dizer que problemas e confusão tem em todo lugar, o bom é que no Ó a gente se sente em casa e os funcionários sempre apaziguam as brigas, com a maior tranquilidade...Adoro!!!!!
Giuliana Marcato
29 de Abril de 2009

Nota: 3
quero aproveitar a oportunidade para faser um protesto sobre o encontro mensal do inimigos do batente sexta feira passada estive la com a minha esposa e dois amigos para minha surpresa minha esposa estava dançando sosinha ao lado da roda de samba e curtindo o grande sambista tuniquinho batuqueiro enos todos juntos quando duas mulheres encostaram perto da gente e ficaram fazendo pirraça para minha esposa segundo eu fiquei sabendo as mesmas sao mulheres dos organisadores do evento eu lamento muito pela atitude dessas duas mulheres que vai na contra mao do que passado pela exelente roda de samba conhecemos pessoas bacanas como a railidia mas infelismente tem sempre os que se acham donos do samba nao vamos mais para nao arumar comfusao e elas ficam com o samba so para elas mesmo porque elas descubriram agora
luiz celso da silva santos
28 de Abril de 2009

Roberta,
Estou passando aqui para contar algo realmente desagradável que me aconteceu no último sábado.
Estava com um grupo de amigos procurando um lugar para estacionar o carro e bem em frente ao Ó havia uma vaga. Sim. páro o carro na rua e sou à favor de que procurem fazer o mesmo sempre que haja essa opção. Perguntamos ao rapaz do vallet se poderíamos parar lá e ele disse que sim. Ao sair do carro, o segurança do Ó nos questionou se 'achávamos que era assim - a vaga estaria ali, fácil esperando por nós'. Eu perguntei o motivo da pergunta e ele disse que o carro estava parado em frente ao bar. Continuei questionando, afinal a guia não era rebaixada e não estávamos sequer na frente da porta do bar. Não para nossa surpresa afinal a postura dele já havia se mostrado excessivamente grosseiro, ele respondeu com a seguinte ameaça “por que? Você vai questionar que a rua é pública agora? Então deixa o carro parado aí e espera pra ver o que acontece”. O fato é que saí de casa com um super pique de ir para o samba, feliz da vida e precisei de alguns minutos pra voltar a me sentir bem e tirar aquela sensação de ameaça diante de alguém que tem o poder de ser a porta de entrada da casa. Eu sempre vou ao Ó e indico para todos que querem ouvir um bom samba ao vivo. Nesse dia, estávamos indo em outro lugar próximo, mas independente disso, esse senhor – Sr. Ari – não pode de modo algum continuar ali, repetindo, como o fez, que não faz questão nenhuma que a gente entre ou frequente o bar. Me corrigindo, esse senhor infeliz e mal educado, para não dizer agressivo e com pinta de bandido, de modo algum pode continuar trabalhando para uma casa com um alto astral, com o Ó do Borogodó.
Eu não sei com quem eu poderia direcionar esse meu recado, afinal a casa não tem site próprio, mas como você sempre toca lá, agradeço se puder levar ao conhecimento dos donos/responsáveis pela casa sobre o que aconteceu.
Obrigada,
Aidê
Aidê
17 de Março de 2009

Nota: 5
Oi!!!
Adoro a casa!!
Quarta é ótimo.. só acho q os intervalos da banda são muito grandes ... e aí a gente lembra de olhar no relógio e vê que já está tarde ..e tem q ir embora :(

bjs
li
5 de Março de 2009

Nota: 5
A boneca aí embaixo reclama do banheiro que está quebrado á 5 anos e continua frequentando a casa "a 5 anos"...Hhahahahaha, melhor ler isso que ser cego!!!!!
Bell
25 de Fevereiro de 2009

Salve Salve Galera do Ó ! Por favor alguém sabe me dizer quando será o pré-carnaval de rua do Ó ? Obrigada.
Cabral
6 de Fevereiro de 2009

Nota: 5
O samba á de todos e para todos...
esse andré é um mala mesmo que conheceu o samba em 2003 e acha que nasceu junto com a Portela.
André chupar manga vai..
Você é novato como eu..
Temos muito que apreender e cada dia é um apreendizado, morreremos aprendendo..

Mas agora se vc se sente inadequado por o lugar ter gente arrumada que por sinal as garotas gostam e é evidente. Vai tomar um banho, passar talco nesse seu pé sujo depois agente conversa sobre o samba em questão.
Danilinho
4 de Fevereiro de 2009

o preço cobrado é igual ao de outros bares com música ao vivo e instalações bem melhores! td bem, pode-se dizer que aspecto 'tosco' faz parte da mitologia do lugar... mas pelo menos consertar aquele banheiro que pelo menos há cinco anos tem aquele vaso solto escorrendo água e que os frequentadores são obrigados a usar!!!! uma vergonha!!! é uma pena, um bar com um astral tão legal...
juju
12 de Janeiro de 2009

Nota: 4
É UM COMENTÁRIO CONSTRUTIVO
Gente, eu sei que existe uma planta e um projeto de reforma para a casa. Mas eu tenho uma sugestão de reforma simples e o mais importante BARATA.
A minha visão é que o bar está bastante cheio e por trabalhar no Bourbon Street eu prezo também conseguir assistir ao show e para ampliar a visão do "palco" acredito que possa ser aberta uma janela sem vidro, apenas um vão na parede que divide 2 ambientes desnecessariamente. Eu sei que o projeto é quebrar a parede inteira, mas enquanto isso não se viabiliza esse pequena reforma que pode ser feita em meio dia de trabalho daria um ar de amplitude para a casa! PENSEM NISSO!.
Um abraço
Roberto Moraes.
Roberto
9 de Janeiro de 2009

Apesar dos pesares das instalações, aumento do preço, e super - lotação, problemas estes que podem ser facilmente resolvidos, o Ó do Borogodó sempre foi e sempre será um local único, onde a música de altíssima qualidade, a tranquilidade dos frequentadores e a cerveja estupidamente gelada, ainda de garrafa, nos presenteia a cada noite de samba na casa! Aos donos, que pensem nessas pequenas melhorias, para manter o ambiente nos padrões originais e sempre garantindo a qualidade. E aos frequentadores mais exigentes, relaxem um pouco e aproveitem a música! Ou voces acham que vão encontrar samba desse nível em casas super chiques e bem decoradas por 15 ou 20 reais de entrada?!!
KITO
KITO
2 de Janeiro de 2009

Nota: 5
Olá, tbm gostei muito da casa, achei um lugar muito gostoso e claro a cerveja na temperatura certa, ah! tenho uma dica Markus Verjan , uma revelação do samba , só faltou ele lá...rrsss beijo!!!!
ju
10 de Dezembro de 2008

mexi mais um pouco aqui no site e percebi que tem a opção de inverter a ordem dos comentários...foi mau hahaha
michael
26 de Novembro de 2008

Eu acho que o site deveria inverter a ordem dos comentários, quem entra pra ler começa de cima para baixo, e quando há algum diálogo entre duas pessoas é que se percebe que sem sentido algum os comentarios estao de baixo pra cima!
michael
26 de Novembro de 2008

Fui à feijoada deste sábado, o samba estava ótimo e todos os funcionários muito bem atenciosos, com excessão de um rapaz, que me parece ser uma espécie de gerente da feijoada, que se encontrava com uma camiseta da Mangueira, barba e brinquinho na orelha que se mostrou um péssimo e muito mal educado funcionário. Acontece que próximo ao final do evento, ele passa na mesa das pessoas praticamente obrigando que fechem suas comandas e se retirem do local, com a ameaça de cobrar R$ 20,00 a mais se o cliente demorar a fechar, caso o cliente se recuse a pagar os R$ 20,00 e queira terminar de consumir, o rapaz imediatamente chama o segurança da casa (um tremendo ignorante, sem educação e mais ameaçador ainda) que te obriga a fechar imediatamente a comanda, kargar oque comprou em cima da mesa e dar o fora do bar.
Fiquei indignado com a atitude de do rapaz da camisa da Mangueira: "dane-se o cliente, nossa casa vive cheia e nunca vi sua cara por aqui"...além disso, este rapaz e seu segurança capacho, agrediram um fotógrafo e seu assistenten que estavam fazendo uma matéria com o Grupo Samba Rahro.
Acho triste ter gente tão despreparada à frente de um evento tão bacana. A equipe de seguranças da tarde da feijoada está de parabéns, já os capachos noturnos...
Peço à casa que reveja suas atitudes e o tratamento com seus clientes, naõ é porque a casa vive cheia que podem destratar as pessoas.
Atenciosamente, Paulo Pereira
Paulo Pereira
9 de Novembro de 2008

Nota: 4
Fui numa quinta, depois de muito tempo sem pintar no ó. Foi ótimo! juliana e o pessol de primeira quebrando tudo!!
só não dou nota máxima pra casa porque é pouco ventilada, e a fumaça de cigarro é muito densa.... o que não aocntece mais nos bares do rio!!!! mas o som é de prima e a cervja gelada!!! sem falar no maravilhoso caldinho de feijão!!
marcelo lion - andrea silva
25 de Outubro de 2008

Nota: 5
Amei sem comentarios....música boa.....de muita qualidade ...os pasteis são maravilhosos...Pra quem gosta de samba...tudoé otimo....Vcs estão de Parabens
Camila
19 de Outubro de 2008

Tem uma pá de gente metida a chico buarque nessa porra . Mais o som é muito bom , principalmente de quinta feira , uma percuteria malandra do Douglas junto com todo o grupo.
Bruno Mocci
3 de Outubro de 2008

Percebi lá, um certo preconceito por parte de alguns, que realmente pensam que o samba foi feito somente eles...
No momento em que estava lá, tocou "Sorriso Negro" de D. Ivone Lara (linda música), porém, tinha um indivíduo gritando essa música na minha orelha...Ora, eu também sabia a letra, mas, parecia que não poderia cantá-la, pois, a minha cor branca não permitia.
"O SAMBA É DEMOCRATA, O SAMBA É PRA TODOS"
Celso
22 de Setembro de 2008

Nota: 3
A música, sem comentários...é ótima, mas, o lugar... parece a caverna da Cuca do sítio do Pica-Pau. Aí que medo!!!
Sabrina
21 de Setembro de 2008

Nota: 5
Eu adorei a casa. Samba muito bom. É o lugar que eu volto. A casa está de parabéns!
Michele
25 de Agosto de 2008

Andre, poderia me explicar quem pode ouvir samba???
Com o tempo percebi uma coisa, qto mais travestido de sambista pior o cara...mais egoista é. É o caso desse tal André. Para ele o samba é algo sujo, vc tem q estar sujo para ouvir, se vc tomar um banho e se arrumar pode esquecer.
Andre o samba é muito, muito fino. Delicado, limpo, bonito, sensivel.
Espero que vc desista de entrar no Ó, assim sobrará espaço para uma "paquita" que, com certeza, sente o samba muito mais que voce.
Juca
22 de Agosto de 2008

Nota: 5
Fico lendo os comentarios sobre o Ó e vai dando mta vontade de estar lá, AGORA!!!!
Para os preocupados com a vida alheia vai um conselho, peça uma porçao de tremoço acompanhado de uma cerveja bem, bem, bem gelada!
Ahhhh isso é vida....
Nunca reparei como as pessoas estão vestidas, se sao sambistas ou nao, nao importa, pare de usar os seus pobres 5 sentidos e sinta o que realmente a musica te proporciona.
Se te faz bem, se fantasie de sambista....mas saiba, isso é o menos importante.
Carlos
22 de Agosto de 2008

Nota: 5
Sempre sempre sempre o melhor! O lugar merece um pouco mais de cuidados, porém continua sendo o melhor lugar para se ouvir um chorinho em plena terça feira! Amo!
Fê Faro
19 de Agosto de 2008

Não acho que Ó seja somente uma casa de samba. Nunca foi! Pode ser que muitos músicos que lá se apresentam tem maior afinidade com o samba, mas outros gêneros da música brasileira habitam essa casa há tempos. A despeito das críticas e me parece que esse espaço existe pra isso, o fato é que Ó desde sempre agregou gente jovem,cada um com seu estilo,em torno sobretudo da música brasileira, da celebração da cultura brasileira. Isso pode parecer romântico, sobretudo para aqueles que algum dia antes de ver que aquilo era balada, tomaram contato com algo que sempre existiu, mas que tinha dificuldade enorme em atravessar as pontes do rio Pinheiros ou só encontrava faróis fechados da São João pra cima.
As pessoas estão presentes aonde as convém e essa conveniência pode ser a experiência musical, o chaveco e o fato de que celebrar a cultura brasileira é moda e uma moda que pode ser benéfica para aqueles que esquecem por um tempo a vontade de ter nascido no hemisfério norte e conhecem um pouco de algo fruto da nossa incrível diversidade de povos.
guilherme
6 de Agosto de 2008

Nota: 1
Ó do Borogodó! samba excelente, fui no último sábado, gostei muito porém senti nojo ao olhar para cima do bar, ventiladores imundos, sujos podres com teia de aranha nojo td bem q o ambiente lembra um porão mas está muito sujo durante o samba fiquei desviando das sujeiras que caiam do teto, sem contar que o bar está sem faixada, será que está falindo? poxa não deixem o samba é muito bom, mas por favor analisem minha reclamação e limpem esse bar, que vergonha hein!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Renata Avila
5 de Agosto de 2008

Nota: 2
O bar é legal mas está muito sujo e descuidado, tem uma aparência de porão ótima idéia mas porquisse?? teto com teia de aranha preta horrivel bar ñ possiu faixada, instalações imundas..
Natalia do Vale
5 de Agosto de 2008

Nota: 5
é fato que um frequentador emite uma nota 5 para o Ó é suspeito, porém nunca é demais poder registrar um espaço que zela pela qualidade e o reportorio das musicas que são oferecidas aos seus espectadores (Frequentadores). Quanto a "elitização" do Ó; quem concorda com a questão é porque de fato não conhece os donos deste ambiente genuinamente sambista.

"O SAMBA É DEMOCRATICO,INTEGRADOR E AGREGADOR, NESTE ESPAÇO CABE QUALQUER UM QUE QUEIRA OUVIR UM BOM SAMBA"
Sebastian
4 de Agosto de 2008

Nota: 5
No ano de 2005, se não me engano, aqui mesmo, foi feito o seguinte comentário às pessoas que são "contra" a uma provável vilamadalenização do samba, e eu, achei bárbaro. O comentário dava uma simples sugestão para quem não gosta dos "tipos" dos novos frequentadores do Ó - patricinhas, mauricinhos e pessoas que nã conhecem o samba: “Pq vc não monta um bar só para vc? Assim, ninguém saberá q ele existe e vc poderá ficar com ele sozinho!”
Ótimo, não é!!?? Não está feliz?Monta um bar e chame quem quiser, e ahhh, deixe o bar falir, claro, com essa administração será o provável futuro!
Amo o Ó!
Laurye
30 de Julho de 2008

Nota: 1
Era uma casa de samba. Agora é uma baladinha que toca samba. Abaixo a Vilamadalenização do samba!! Os sambisats estão perdendo o seu espaço dentro de sua própria casa!!!
Zezinho das Melodias
29 de Julho de 2008

Nota: 3
Nessa semana fui pela primeira vez no Ó. Achei ótimo! Pessoas agradáveis e música boa, concerteza voltarei mais vezes.
Mas o banheiro... francamente, não tem nem o que falar, quando ví não acreditei, é simplesmente péssimo.
Não achei os preços abusivos, achei justo e não acho que o fato de pessoas bonitas, chamadas patricinhas e afins frequentarem o bar seja algo negativo. Eu garanto que se ao contrário das pessoas que ví, como já escrevi, pessoas bonitas e agradáveis, eu tivesse me deparado com outros tipos, aí sim seria ruim.
Enfim, tirando o banheiro, o resto tá excelente!
Laurye
28 de Julho de 2008

Realmente trata-se de um lugar incrível, todavia, a lotação pode prejudicar em muito o estabelecimento.
Pela qualidade dos músicos, a magia e história do bar pode-se cobrar até R$50,00 para entrar. Mas a lotação exagerada por vezes acaba tornando a noite desagradável.
Os músicos do bar fazem parte de um seleto grupo de profissionais, me sinto mais do que recompensado pela qualidade do som.
Recomendo resolverem o problema da lotação o quanto antes.
Sobre as críticas sobre o atual público, gringos, patricinhas, enfim, penso que a magia do samba vai além da situação financeira do indivíduo, o importante é que onde tem um sambista apresentando sua arte, há várias pessoas extremamente felizes e alegres apreciando(não existem fronteiras).
Felipe
27 de Julho de 2008

Nota: 1
Concordo em gênero, número e grau com a Fabi e o André. Não acredito nisso que fizeram com o espaço do samba, tudo explração para ganhar mais dinheiro. ABSURDO!!!!!
Marcia
21 de Julho de 2008

Nota: 1
Concordo em gênero, número e grau com a Fabi e o André. Não acredito nisso que fizeram com o espaço do samba, tudo explração para ganhar mais dinheiro. ABSURDO!!!!!
Marcia
21 de Julho de 2008

Infelizmente, um dos melhores locais de samba de São Paulo virou atração de elite e se vendeu ao capital, expandindo, retirando músicos de qualidade e fazendo de tudo para ganhar mais $$$ com a exagerada super lotação. Até o samba virou mercadoria!
fABI
21 de Julho de 2008

e o endereço?
regiane moura
21 de Julho de 2008

Concordo com o Carlos.

Nada mais insuportável que os pseudo-sambistas, que se julgam profundos conhecedores do samba, se vestem como tal e criticam os diferentes.
Vai ao samba quem gosta de samba, quem quer ser feliz.....
Viva o samba!
Marco
29 de Junho de 2008

Nota: 3
Acho que discutir o som que ouvimos no Ó é perda de tempo. Ainda bem que existem redutos como este que nos oferecem música de extrema qualidade. Como todos os outros comentários tbm acho que uma reforma é de extrema urgencia, pois é possivel ser simples sem ser feio e sujo (banheiro).
Sobre as pessoas que frequentam o bar quem sou eu para julgar, quando vejo alguns comentarios reclamando que la encontraremos patricinhas que nem sabem cantar as musicas acho ridiculo, nao existe um estereotipo do sambista, pelo menos para mim. Acredito que quanto mais mulher, de preferencia bonita, melhor!!! Acho que nenhum sambista gostaria de tocar para um bando de marmanjos, preocupados em apenas pagar o minimo possivel de entrada achando que musico nao é profissao.
O atendimento poderia ser muito melhorado. Se o garçom é garçom faça seu trabalho direito, o porteiro, o barman, etc....porque ficar irritado se a casa esta cheia? Quando o lugar é bom é assim, dificil de entrar porque todos querem entrar, vamos deixar o egoismo de lado, cheguem mais cedo.
O problema desses desse tipo de pessoa que acha que descobriu o samba antes dos outros é que quer ser egoista, quer o samba so pra ele! É ate engraçado, sera que esse cara nao aprendeu que o samba é para todos!!! Acho esse tipo pior que quem nao conhece e esta tentando conhecer.
É isso.

Abs
Carlos
28 de Junho de 2008

Nota: 4
Ontem a noite fui pela primeira vez bar. Gostei bastante do ambiente: chorinho de boa qualidade, gente bonita, enfim, muito bom. Minha nota não é 5 porque acho que o lugar merece um cuidado melhor com a aparência.... poderia ser melhor.
Rodrigo Marques
22 de Junho de 2008

Nota: 3
Frequento o Ó do Borogodó desde 2003. Sempre fui um admirador confesso. Batia cartão aos sabados para escutar o ótimo Inimigos do Batente. O Ó sempre foi um local onde a música é excelente (exceto às quintas e domingos)

Ótimos musicos tocam e já tocaram lá: Penezzi, Zé Barbeiro, Ale do Clarinete, Dona Inah, Cebola, Roberta, Marcelão, Paulinho, To Be, etc, etc... Neste ponto, a qualidade é indiscutivel. Tiro o chapéu mesmo. Lindo

Agora eu vou falar o que tanto tem me incomodado nos últimos tempos. O lugar é e sempre foi um moquifo, uma tremenda espelunca, quente. O banheiro é nojento. Mulher se sente mal ali. Os preços são extorsivos.

10, 15 e 20 reais para pagar é um absurdo!!! Cerveja cara. Tá errada a informação ali. ELas custam 5 reais. Todas elas.

Resultado dessa patifaria. O samba fica na roda. Ali sim tem sambista de verdade. O público é composto por gringos, paquitas e outros tipos estranhos ao samba. E claro, alguns remanecentes dos bons tempos do Ó.

Quem é sambista e vai lá pra curtir um bom samba se maravilha com a roda... Mas fica irritado com a lotação, o preço, etc... Uma vergonha o que estão fazendo com o Ó. Afastando o sambista e trazendo uma pá de patricinha. Esse é o público de lá. Não conhecem um samba sequer mas vão ao delírio quando o Mazinho põe pra tocar "Alvorada", só porque conheceram a musica no filme Cidade de Deus...

Resumindo. O som é ótimo - nota 5
Os preços são extorsivos - nota 1
o lugar é uma espelunca - nota 1

vou dar nota 2

e olha que sou frequntador assiduo (há algumas semanas apenas pelo lado de fora)
André
26 de Maio de 2008

Não, Marcos, como músico não pago entrada na casa onde eu toco, obviamente. Mas pago entrada em todos os shows que eu vou assistir, em todos os locais que frequento, no cinema, no teatro, etc. e tal. Como e bebo e pago como qualquer um. Simples, quando não tenho condições de pagar simplesmente não vou, é mais fácil do que ficar reclamando. Quanto à reforma ela já está acontecendo, pode ir lá conferir.
Roberta Cunha Valente
19 de Maio de 2008

Nota: 1
Ora Roberta,
Eu não toco lá!! confesso que me equivoquei ao dizer que o aumento também não foi destinado aos músicos, pois se aumentou a entrada obviamente, vcs tiveram aumento.
Agora pergunto eu: e vc paga entrada???
Por isso é muito fácil falar, porque se pagasse sentiria no bolso, porque 20 reais de entrada e mais algumas cervejas( poucas ) fatalmente irá gastar 50 mangus. temos que pensar nos dois lados; o do frequentador, e o do músico. e ademais, a infra-estrutura continua precária pra tanto valor.
Marcos
13 de Maio de 2008

O aumento da entrada obviamente que foi destinado aos músicos sim, Marcos. Como você pode dizer o contrário se não toca lá?
Roberta Cunha Valente
11 de Maio de 2008

Nota: 3
Eu frequento o ó desde seu genesis, portanto conheço bem o lugar, lugar este que sempre adorei e fiz ótimos amigos.Adoro samba, e realmente o ó é um dos melhores locais de samba de São Paulo. O que me deixa triste, é este aumento de preço abusivo, pois já cheguei a pagar 5 reais, e este aumento não foi destinado na infra-estrutura da casa, e nem repartida aos músicos, sendo destinado somente ao bolso do proprietário.Quero dizer que já não frequento mais este recinto, pois o proprietário conseguiu destruir a magia que existia o Ó do borogodó, trazendo gente que pouco se importa com o samba, gente que não é da gente... Deixo aqui o meu repúdio.
Marcos
3 de Maio de 2008

Nota: 4
Formidável o lugar, é onde mais me divirto em SP. Unico ponto negativo são os banheiros de que minha namorada tanto reclama (nao custava tanto mandar arrumar aquele negócio, neh?)
Luis
29 de Abril de 2008

Nota: 2
O som é legal, legal mesmo, as pessoas que vão lá também. Mais o pessoal que trabalha la é muito mal educado, bom a señora que está no caixa e o porteiro. O porteiro me agrediu fisicamente, cuando eu saí do bar,pra tirar dinheiro,la não aceitva meu cartão. E não só me agrediu fisicamente como verbalmente,se meteu na minha vida, de uma maneira muita preconceituosa porque eu beijei uma menina. Acho que trabalhar na noite é dificil, aguentar cachacero também, mais daí a insultar e agredir uma pessoa, foi muito feio.
Elisa
22 de Março de 2008

Nota: 4
A qualidade musical é de primeira, porém o atendimento e a higiene não condiz com os valores que pagamos para entrar, acho que se estes problemas não forem reparados a casa ficará com uma péssima fama. Aliás, já está.
Marcelo Roberto Masselli
11 de Março de 2008

Nota: 5
O lugar e show de bola, quem quiser ir num lugar e OUVIR UM BOM SOM DE QUALIDADE PODE IR QUE ENCONTRARA - LA ESSE SOM agorA que gosta de conforto lugares com ar condicionado realmente lá não o local mas indicado mas o mesmo assim vale a pena...
Aldemir
26 de Fevereiro de 2008

Nota: 1
Extremamente lotado, funcionarios mal educados sujo e com muita fila. Perfeito para o gosto paulistano.
Chico
5 de Fevereiro de 2008

Nota: 5
o Ó é dez. mas quero saber o que vai rolar hj e se terá bloco de rua?
andreia
3 de Fevereiro de 2008

Nota: 5
Gostaria de saber se vai rolar o bloco de rua esse ano e que dia vai ser? Por favor me mandem resposta pq vou convidar alguns amigos que moram la na cantareira. Fui o ano passado e adorei.. Obrigado aguardo resposta.
Gisele
31 de Janeiro de 2008

Nota: 4
O lugar realmente é muito bom, a música maravilhosa, mas concordo que pagar R$20 é muito. O banheiro é terrível... Quando conheci o bar agradeci por estar de salto alto...O banheiro estava mto sujo!
Samantha
27 de Janeiro de 2008

O bloco será sábado, 26/1, a partir das 14 h, na frente do bar.
Roberta Cunha Valente
25 de Janeiro de 2008

Então no sábado o bloco serah na rua? E que horas começa? Vai sair pela vila ou soh ficar lah na frente mesmo?
Marcia
24 de Janeiro de 2008

Nota: 5
Que horas começa o bloco e quanto é por pessoa?
Emilio Muno
23 de Janeiro de 2008

O bloco é dia 26 (sábado à tarde) e o carnaval acontece de 1 a 5 de fevereiro, sempre a partir das 23 h. Talvez na terça a festa seja na rua.
Roberta Cunha Valente
18 de Janeiro de 2008

Nota: 4
Gostaria de saber quando vai rolar o carnaval do Ó esse ano?!?! Fim de semana que vêm?
Norbs
14 de Janeiro de 2008

Gostaria de saber por que lugares de qualidade são sempre caros? Só aqui em São Paulo a cultura é tão elitizada. Quando será que teremos lugares como o Ó mais acessível à população paulistana???
Amanda
11 de Janeiro de 2008

Caros, estou chegando em SP ainda esse mês e estou à caça de alguns bons botecos e casas de show que toquem samba de raíz. Parece que esse Odoborogodó é a solução. Bem gente, fica a pergunta: O que as bandas tocam? Qual a vertente do samba que sai mais? Que compositores costumam ser tocados? Rola o autentico samba de raiz carioca?
Obrigado
ALINE HILARIO DA SILVA BOTELHO
8 de Janeiro de 2008

bom há muito q não venho para SP e coisa de 2 ou 3 anos atrás eu vim e acabei dando uma parada neste bar.O que me vem a memória e me causou não muito boa impressão foi o fato de o bar estar lotado,sem condições de permanecer nem de pé dentro.Por fim a pessoa q me atendeu(não trajava como garçom)cobrou rudemente o couvert quando pedi uma cerveja , que acabei tomando com uma amiga na calçada e sem ouvir o som.(por isso tbem q não posso saber da qualidade do mesmo).Mas pretendo voltar lá na minha estadia em SP para tentar ouvir um pouco de musica brasileira e talvez até retificar minha impressão.
PS:desculpe mas não posso deixar de citar o comentário de alguem q escreveu para uma pessoa q tentava divulgar seu grupo, q pelo fato dela ter escrito "analisação" isso talvez refletisse a qualidade musical do referido grupo.não vejo o que isto tem a ver ,considerando ainda q o samba apesar de hoje ser consumido e ter como publico a classe media e alta ,tem suas origens entre a classe menos favorecida e com bem menos acesso a uma educação decente devido a sempre presente política de exclusão social na história do país. Sem mais

Humberto Hama
humberto akio hama
16 de Dezembro de 2007

Nota: 5
A casa e espetacular...energia pura.....
Quarta-feira é o melhor dia pra quem gosta de música brasileira boa, animada e com muita ginga africana....
É maravilhoso....vale a pena conferir!!!
Giuliana Marcato
18 de Outubro de 2007

O melhor dia da casa para mim e no sabadocom os inimigos do batente inclusive com a participaçao especialissima do to be de sete cordas que induvidalvemente e o melhor violao de sao paulo da atualidade
vinicius afonso de moraes
6 de Outubro de 2007

Nota: 5
Tive o prazer de sair aqui de São José dos Campos, e conhecer esta maravilhosa casa na
noite de quarta e fiquei muito satisfeito ,
com um samba de altissima qualidade.Com toda
certeza farei este "sacrificio" gostoso em
outras oportunidades.
Luis Carlos
4 de Agosto de 2007

Nota: 5
Ótimo. Principalmente de Domingo à quinta.
Maurice Prado
17 de Julho de 2007

Nota: 5
UM AMIGO MEU ME INDICOU A CASA,ENTÃO FUI COMEMORAR O ANIVERSÁRIO DA MINHA NAMORADA ,POIS ATÉ ENTÃO NÃO SABIA COMO ERA O LOCAL,AS MÚSICAS,ENFIM ADOREI O LUGAR ACREDITO QUE FOI UM DOS MELHORES ANIVERSÁRIO DELA POIS CURTIMOS MUITO, TANTO COMO O LUGAR COMO AS MÚSICAS , GOSTARIA DE SABER SE TEM ALGUMA PROMOÇÃO PARA ANIVERSSARIANTE,POIS ELA ESTA FAZENDO ANIVERSÁRIO AGORA DIA 30/06/ E VAMOS COMEMORAR AI NOVAMENTE,GOSTARIA QUE VCS ME RESPONDE-SE.
ED CARLOS DE JESUS
28 de Junho de 2007

Esse pessoal do Grupo Mosaico é tão inconveniente que nem se fossem bons dava pra contratar.
Arthur Felipe Mitke Moreira
25 de Junho de 2007

Nota: 5
Adoro o Odoborogo. O barsinho eh tdo de bom...de seg a dom!!! Adoro sabado, domingo nem se fala.
Por falar nisso irei comemorar meu niver lah sabado dia 30 de junho. Otimo lugar pra ver os amigos, bater um papo e escutar uma boa musica brasileira.
Andrea
21 de Junho de 2007

Nota: 2
FUI AO Ó, DEPOIS DE PESQUISAR NESTE SÍTIO.
A única coisa que se salva nesse lugar é a música! Para quem quer encontrar os acampados da REITORIA DA USP, este é o lugar certo! O público está longe de ser variado, e sente-se um certo "estranhamento" do pessoal quando se pertence a outra "tribo". Isso é imperdoável numa cidade como Sampa. Abafado, poluído, mal se ouve o som da banda devido à gritaria. O pessoal que trabalha no local é extremamente mal humorado, o porteiro, a garçonete e o garçon, já mencionado por aqui. O serviço é demorado,portanto não chegue lá com fome,as porçoes demoram cerca de meia hora para sair. Os banheiros estavam imundos e o que eu fui estava sem papel. Tudo isso é inacreditável numa metropole como SP, famosa por seu serviço e atendimento.
LAMENTÁVEL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Lelê
8 de Junho de 2007

Nota: 5
Adoro essa casa, sempre quando me divirto muito mesmo. Gostaria de saber quando a cantora Adriana Moreira voltará novamente a fazer uma apresentação, nossa ela é demais !!!! O Kiko e sua banda também são ótimos, enfim essa casa é um show!
Bete Pita
Bete Pita
26 de Maio de 2007

Puxa...
Só falta mesmo um site para que possamos conferir quem são os convidados...
cristiane goncalves de oliveira
27 de Abril de 2007

Nota: 5
Sou fan de carteirinha, não ha casa com melhor som, melhor samba e mais agradavel em sao paulo que o ó do borogodo. parece um casebre do certão nordestino ou de alguma praia afastada na bahia. muito confortavel e agradavel. e a musica pra quem gosta de samba é um prata cheio. para ouvir um belo samba na minha opinião o melhor dia é seg. Verônica Ferriani e sua banda ó do borogodo, cantam os classicos de chico, cartola, adoniran, vinicius e outros. Gosto muito aos domingos tb. Caisa cheia, onde se fica de pe mesmo, e ai sim é balada, som, alto, animado e muito gente bacana se divertindo pra valer. Sab a tarde tb eh bem gostoso. bom sou meio suspeito, mas a casa é sem duvida minha preferida de são paulo
Paulo Sobral
16 de Abril de 2007

Nota: 5
Mew,adoro esse lugar e seus freguentadores.Esse tal Alê,que essa garota se refere é um dos melhores da casa.Muito gente fina,o ambiente é pequeno,a molilização desse Mestres não é fácil,ora aqui,ora ali,sempre arrumando uma berinha para passar e bem atender o povo,que muita gente se confunde,quer ser bem atendida,vá a um restaurante,ali é um barzinho dançante...e não queima quem esta trabalhando e pácas,enquanto muita gente esta lá para se divertir...E digo mais quem não conhece venha conhecer,o lugar é bom e bem freguentado,tanto para muxaxos,tanto para muxaxas...
Flavio de góes junior
22 de Março de 2007

Nota: 5
A simplicidade do lugar, a chapelaria que fica em cima das geladeiras... a gentileza do serviço, as pessoas que circulam, os Santos que protegem e os Deuses do samba e do choro que tocam e cantam lá, fazem que a casa seja um encontro da felicidade e explosão de alegria aos Domingos. Recomendo! Fantástico mesmo é o Ó do Borogodó aos Domingos!!! Não fique sentado na poltrona no dia de Domingo!
Inês
26 de Janeiro de 2007

Nota: 5
Amoooooooooooooo o Ó, não tem jeito, mas de sexta-feita é o meu dia preferido. Lugar com gente bonita, cerveja no ponto e ótimas cachaças mineiras, como Claudionor e Salinas. Quem nunca foi está perdendo.
Luana
8 de Janeiro de 2007

Nota: 5
O Ó do Borogodó é meu bar preferido desde que me conheço por gente. Vira e mexe, a gente encontra riquezas musicais como o Iamandu Costa lá, dando uma palhinha. Fora a Dona Inah, o Alessandro Penezzi que dão um show a parte... O público é de gente inteligente, o atendimento é muuuuuuuuuuuiiito bom e a música... nem se fala...
Manoela
28 de Dezembro de 2006

Nota: 5
Uns dos melhores lugares de samba do Brasil, podendo ser comparado aos grands e seletos pontos de amigos e rodas de samba, em fim, Samba dos Bons.

Parebéns ! !
Paulo Marcos
23 de Dezembro de 2006

Nota: 5
Boa música , lugar aconchegante , pessoas com alto astral... bom preço !!!
Carolina
16 de Novembro de 2006

Nota: 5
Otimo da tudo ao pé da letra.
Romeu
15 de Novembro de 2006

Nota: 5
Otimo da tudo ao pé da letra.
Romeu
15 de Novembro de 2006

Nota: 5
Opa beleza! o lugar nem precisso fla nda neh... só queria sabe c alguem pode me informar onde eu compro o cd da banda Pau d´agua. Eu sei que eles gravaram tanto que o projeto gráfico ganhou até prémio na area de design gráfico.

Obrigado
José Lara
11 de Novembro de 2006

Muito boa casa, samba da melhor qualidade ao contrario de algumas casas que estão deixando de lado o samba verdadeiro e se vendendo ao estilo mauriçola.
No ultimo sabado tive o prazer de tomar ua cerveja gelada... gelada mesmo! ao som dos inimigos do batente.
Adorei...
Ah ia me esquecendo...Muita mulher bonita inclusive as atendentes.
Um abraço
Alexandre Ciriaco
6 de Outubro de 2006

Nota: 5
sou de natal/rn,cantora e estive em sampa estes dias.conhecí o ó do borogodó,dei canja,amei!!!
khrystal
15 de Setembro de 2006

Nota: 4
Galera o lugar é uma delicia! Pequeno, musica da melhor qualidade, gente interessante só é um pouco caro e a musica dependendo do dia nao passa das 3h!
Mas vale a pena!
Jonathan
4 de Setembro de 2006

Quando a Iracema canta por lá?
cristiane goncalves de oliveira
1 de Setembro de 2006

Nota: 5
O Ó do Borogodó é o pico prometido nas escrituras sagradas!!!!
Guilherme
28 de Agosto de 2006

Nota: 4
ADOREI O BAR, SAMBA DE RAÍZ COM MÚSICOS DA MELHOR QUALIDADE, ÓTIMO PROGRAMA PRO SÁBADO Á TARDE. O LUGAR É PEQUENO MAS ACONCHEGANTE, VOLTAREI EM BREVE.
BEIJINHOS AO LÉO(GERENTE) E AO ZÉ(GARÇOM/BARMAN - TUDO DE BOM)
Erika Fernanda Silva
23 de Agosto de 2006

Nota: 4
é muito bom o bar--- o unico problema q ele é muito pequeno---tem q ser aumentado--valeu......abraços.
andre henrique gigioli
10 de Agosto de 2006

Nota: 4
é muito bom o bar--- o unico problema q ele é muito pequeno---tem q ser aumentado--valeu......abraços.
andre henrique gigioli
10 de Agosto de 2006

Nota: 4
O samba é de DMQ,os musicos além de ter musicalidade otíma são todos mt humildes e atenciosos....acho só que o estabelecimento poderia da uma melhorada no lay out para melhor o espaço,não estou falando da aparencia e sim melhorar o espaço ex:as mesas tem que ser melhor dividas etc...+ no geral está bom parabéns pessoal e até breve.
wagner anastácio
5 de Julho de 2006

Nota: 5
Sem dúvida, é o melhor lugar de Sampa. Música boa todos os dias da semana, ambiente descontraído e uma energia incrível. Domingo é o melhor dia, com a Banda Pau d'água. Quinta-feira também é muito bom.
Maíra
3 de Julho de 2006

Nota: 5
Desculpe, Sara Anay, mas escrevendo palavras como "analisação" ninguém vai levar a sério o seu trabalho. Entenda como crítica construtiva, por favor. Se a escrita for tão sofrível, dificilmente alguém vai acreditar que o grupo seja capaz de se expressar de forma interessante.
Quanto ao espaço, é de fato o melhor repertório de São Paulo, sem afetações ou frescuras, música de ótima qualidade, petiscos gostosos, bebidas bem feitas e cerveja na temperatura certa. Os funcionários são simpáticos, atenciosos e ainda arriscam uns passinhos de dança no salão quando ainda é possível, porque depois sempre lota mesmo. Lembra os bons tempos da Lapa, no Rio, e pelo público e ambiente, o Bar Semente.
Alcimar
12 de Junho de 2006

alguem indica casas de samba pra um grupo carioca tocar em sampa?
gratissimo
Julio Braga - info:9959-7959
7 de Junho de 2006

Nota: 5
Gosto de ir aos sábados, ouvir os Inimigos do Batente, samba de raiz e excelentes músicos.
A única divergência, seria a acomodação, espero que, em breve estará melhor acomodável.
Roberto Olympio - Guarulhos
Roberto Olympio
3 de Junho de 2006

Alguém sabe se vai passar a Copa do Mundo no Ò? Como será o esquema?
Abraço a todos
Fábio Carrilho
17 de Maio de 2006

Alguém sabe se vai passar a Copa do Mundo no Ò? Como será o esquema?
Abraço a todos
Fábio Carrilho
17 de Maio de 2006

Nota: 5
Lugar maravilhoso, musica da melhor qualidade, muita gente interessante, e comidinhas deliciosas!
AMO o Oh do Borogodoh!
Cristiane Lima
1 de Maio de 2006

Nota: 5
A casa eh demais!!! O melhor dia pra mim eh no domingo!!!! A casa estah sempre lotada, pessoas bonitas, tudo de bom!!!
Andrea Carvalho
16 de Fevereiro de 2006

Nota: 1
Resumindo:

Um lixo de lugar...
Não volto nunca mais!
Atendimento: Nota 0
Simpatia: Nota 0

Não gostei.
Rodrigo
12 de Fevereiro de 2006

Nota: 3
A música e ótima e a cerveja é gelada. Conforto zero.
ignácio
12 de Janeiro de 2006

Nota: 4
Adoro, o Ó, acho que é um dos melhores ambientes da Vila, tanto pelas pessoas, como tb musicalmente a qualidade é muito boa, vou todo sábado curtir o Inimigos do Batente e comer aquela fejuca maravilhosa, só que para minha surpresa no sábado estive com minha esposa no Ó, e a fejuca pequena estava R$25,00 e a grande R$35,00, acho que estes preços estão altos e precisam ser melhorados peço atenção aos proprietários quanto a este assunto. Grato, Márcio Lacerda
MARCIO NASCIMENTO LACERDA
10 de Janeiro de 2006

Liga né o manééééé... Pelo vista vc é bem iniciante, né? O que vc vai ser quando crescer?
Zé Mané
9 de Janeiro de 2006

gostaria de desejar a todos um feliz ano novo, mesmo um pouco atrasado,que eese bar continue nos dando a alegria em 2006 que nos deu em 2005,obrigado pelos grandes momentos que ai passamos juntos parabens a todos em especial ao grupo que as quartas feiras acompanha nossa grande interprete de samba IRACEMA MONTEIRO [MARAVILHOSA], UM GRANDE BEIJO A TODOS DO FUNDO DOS NOSSOS CORAÇÕES. beto, kadu do cavaco, luci e babi.
roberto aguilera
7 de Janeiro de 2006

Temos um grupo de samba e gostaria de ter uma oportunidade de se apresentar em sua casa quais são as possibilidade
Agradeço desde já pela oportunidade
Família Nosso Samba
Robson Nascimento Santos
2 de Janeiro de 2006

O ó do borogodó estará fechado de 24/12 a 01/01 , dia 02 de janeiro (segunda-feira) reabriremos com a programação normal.
ó do borogodó
28 de Dezembro de 2005

Bom dia , Não sei se
Bruno Mocci
1 de Novembro de 2005

Bom dia , Não sei se
Bruno Mocci
1 de Novembro de 2005

Eu tenho um grupo de samba que só toca raiz,e gostaria de saber se posso mostrar nosso trabalho em sua casa. obrigado desde ja
Marco
24 de Outubro de 2005

Nota: 5
ó é incrívil !!! vícia msm !!! fui uma vez , duas , mas na terceira não consegui mais me controlar !!! é mto bom !!!
Dani
2 de Outubro de 2005

Nota: 5
ó é demais, uma otima casa p/ se curtir , um bom samba.............
waldemar aparecido da silva
29 de Agosto de 2005

A idéia musical é exelente, e os músicos são de primeira; porém grande parte das pessoas que ali estão,não se importam com quem está tocando estragando a apresentação.
Rodrigo Sanches Miguel
17 de Agosto de 2005

Nota: 5
A casa é otima rola um som BRASILEIRO quer coisa melhor que isso nos faz lembrar de tos musicos BRASILEIROS que fizerão e fazem parte da musica BRASILEIRA, mas é importante dar espaço tambem para musicos novos QUE VÃO DAR CONTINUIDADE A NOSSA MUSICA E CULTURA.
Nicolo De Caro junior
1 de Agosto de 2005

Nota: 5
A casa é otima rola um som BRASILEIRO quer coisa melhor que isso nos faz lembrar de tos musicos BRASILEIROS que fizerão e fazem parte da musica BRASILEIRA, mas é importante dar espaço tambem para musicos novos QUE VÃO DAR CONTINUIDADE A NOSSA MUSICA E CULTURA.
Nicolo De Caro junior
1 de Agosto de 2005

Nota: 5
A casa é otima rola um som BRASILEIRO quer coisa melhor que isso nos faz lembrar de tos musicos BRASILEIROS que fizerão e fazem parte da musica BRASILEIRA, mas é importante dar espaço tambem para musicos novos QUE VÃO DAR CONTINUIDADE A NOSSA MUSICA E CULTURA.
Nicolo De Caro junior
1 de Agosto de 2005

Nota: 1
Gostaria de deixar aqui explicita a minha indignação quanto as pessoas que postam nesse espaço... li outro dia um tal de DETONADOR PAULISTA falando que iria bater, quebrar, matar entre outras acusações... acho que nesse bar não vou mais, pois se é frequentado por gente desse tipo e com uma furia de bater nos outros... desculpe mais o meu lugar e de meus amigos não é lá no ó do borogodó.... ESPERO QUE PUBLIQUEM A MINHA MENSAGEM, E NÃO CESURE..
Alfredinho
27 de Julho de 2005

Nota: 2
OS MUSICOS SÃO EXCELENTES, PORÉM O QUE ACABA OCORRENDO É QUE A FREQUÊNCIA (UMA MOLECADA QUE NÃO ENTENDE E NEM GOSTA DE CHORO, SAMBA E BOA MÚSICA), ACABA ATRAPALHANDO, JÁ QUE ACABAM INDO PRA LÁ PRA PRA FAZER ANIVERSÁRIO, BEBER ATÉ CAIR E FAZER TIPO ! RESULTADO: O BAR VIROU POINT DA VILA MADALENA E QUE CONSEQUENTEMENTE ESTÁ VIRANDO "BUSINESS" PARA OS PROPRIETÁRIOS!! INFELIZMENTE!!
João Matos Silva
23 de Julho de 2005

Já que é pra deixar nota, deixo uma nota e um acorde - que é pra combinar com a nota. Deixo a nota Mi, acompanhada de um Dó maior com nona adicionada. Acho uma combinação bonita. Dizem uns que todos os acordes são belos e funcionais, e no Ó o que acorre é beleza, funcionalidade, muita poesia. Então é um C 9add, por exemplo. Poderiam ser outros. Mas o certo mesmo é alguém mais inspirado e ciente dedicar logo uma sinfonia ou simplesmente uma canção pro Ó. O "lugar" merece. Pois o lugar são sempre "as pessoas do lugar", mais do que "as pessoas no lugar" - não tem jeito, não tem remédio. É sempre assim e ainda bem que é assim. E viva, por exemplo, o maestro Zezinho na cozinha! Por exemplo, apenas. Poderiam ser todos os outros, enfim. Afinal, a coisa funciona por combinação e sozinho ninguém pode nada.

Obs: e abraço para o Detonador Paulista, que é funcional também, como convém em tantas situações na vida...
Caio
19 de Julho de 2005

Maneiras
Sylvio da Silva -1987

Se eu quiser fumar, eu fumo
Se eu quiser beber, eu bebo
Eu pago tudo que eu consumo, com o suor do meu emprego
Confusão eu não arrumo, mas também não peço arrego
Eu um dia me aprumo, eu tenho fé no meu apego
Eu só posso ter chamego com quem me faz cafuné
Como o vampiro e o morcego, é o homem e a mulher
O meu linguajar é nato, eu não estou falando grego
Eu tenho amores e amigos de fato, nos lugares onde eu chego
Eu estou descontraído, não que eu tivesse bebido
Nem que eu tivesse fumado, pra falar de vida alheia
Mas digo sinceramente, na vida, a coisa mais feia
É gente que vive chorando de barriga cheia
Estephania
19 de Julho de 2005

Nota: 5
Suburbana
(Silvio Caldas e Orestes Barbosa)

Olhando o céu me demoro
Num verso triste é que eu choro
Ninguém vê o pranto meu
"Há muita lágrima triste
Que em ser sorriso consiste"
Como o poeta escreveu

Minha linda suburbana
Por trás da veneziana
Vem sorrir nesta canção
Com seus lábios de doçuras
Que são tâmaras maduras
Da flora do coração

Zona norte da cidade
Residência da saudade
Onde nasceu teu cantor
O teu amor comovido
Que sonha com teu vestido
Que morre por teu amor

Olho as estrelas cansadas
Que são lágrimas doiradas
No lenço azul lá do céu
Estrelas são reticências
Estrelas são confidências
Do meu romance e do teu.
________________________________________
Valsa-canção gravada por Silvio Caldas (com acompanhamento de Garoto e seu regional) em 1938.

Roberta Cunha Valente
18 de Julho de 2005

Nota: 5
O lugar é nota 10. Um lugar onde vc fica numa boa sem ter que consumir que nem doido porq te entopem de cerveja mesmo sem vc perguntar. Um som maravilhoso, um ambiente que faz vc se sentir super bem, quando está bombando e quanto não está é maravilhoso da mesma forma. Lá tem uma carne seca com abobora que é tudo. O lugar não é caro e ainda tem um atendimento bem legal. O lugar é um charme é a repito a música é show', só indo para ver e se encantar
Léia Carvalho
24 de Junho de 2005

Aprendi gostar de samba de raiz a pouco tempo mas posso dizer que ja estou fanática conheci o0 bar e adorei Parabens .......
Joyce Fonseca
Joyce Fonseca
18 de Junho de 2005

Nota: 2
Musicalmente falando nota 10,mas o lugar é muito pequeno e abafado,se vc quiser ir com seus amigos para comer uma fejuca,não vá o lugar é apertado demais.Mais por outro lado as atendentes são muito gostosas,mais não vale a pena.
dri
15 de Junho de 2005

Nota: 5
Eu gosto muito deste lugar os domingos com o grupo Pau d Agua!!! Na segunda feira eu acordo com melhor humor se eu tinho ido para o O no domingo.Não da para explicar porque, mas rola muita boa energia lá !
Para mim é o melhor barzinho em São Paulo.
Gringuinha..
28 de Abril de 2005

Nota: 5
Hey,
just like to say that i love this place...
Im from Australia and i wish i could come back here for the music. Ive got say that the girl singing is one of the most beautiful girls ive ever seen and her voice is perfect...
Thank you
G.
Girius Antanaitis
12 de Abril de 2005

Nota: 1
Como não pude deixar de notar, muitos dos comentários aqui descritos foram "deletados", alguns talvez por um palavriado impróprio, outros que por ventura não se adequaram à opinião da maioria ou com a "política" interna do site. Já vi que de democrático este espaço não tem nada. Portanto, todas as pessoas que tentaram aqui em vão expor suas idéias, críticas e opniões foram banidas pelo "admin" do site. Fique tranquilo caro colega, ninguém mais irá postar por aqui e te dar trabalho apagando mensagens. Já visto que este canal de "comunicação"(melhor, babação de ovo generalizada) tornou-se pouco "funcional" para nós, então decidimos optar por outros meios comunicativos de maior repercussão ,"resultado" e impacto. Respondendo a pergunta abaixo que se refere ao "Procom do Samba", fique tranquilo. Já fizemos nossas reclamações juntamente aos órgãos competentes e aguardamos o "resultado" com ansiedade. Acho apenas que as opiniões devem ser relevadas, às vezes optar por irônizar o ocorrido, destoe um pouco o fato em si. Mas no fundo toda brincadeira tem um pouco de verdade. É que na realidade o fato de termos cido "despejados" pela dona do bar, foi algo tão absurdo que só ironizando mesmo para que isso possa ser comentado.

PS1: Amamos Samba !!! Porém não iremos mais nesse bar. E faremos o possível para que isso não passe em branco. Somos consumidores e pagamos pelo serviço prestado e queremos no mínimo respeito e bom atendimento.

PS2: Meu e-mail existe, ao contrário de muitos aqui.

PS3: Estou preparado para ser "multilado" ou melhor "deletado".
Ricardo Pessoa
4 de Abril de 2005

Esse maniqueísmo é deteriorado, pois o paradoxal é acreditar no pragmatismo da antítese bem x mal.
as pessoas tem o livre arbitrío de escolher o que falar, como falar, trata-se de críticas, não de conceitos abstratos subtraídos de amizades ou afins.

se foram bem tratados, provavelmente irão usar o espaço para falae bem? -provavelmente-
mas se maltratados, podemos recorrer ao procon do samba-essa página-?

Amorim
3 de Abril de 2005

Quanta besteira não, porque essas pessoas que escrevem tanta eresia não vão se preocupar com outras coisas, ao invés de ficarem se alfinetando.

O bar é ótimo e o serviço também, pena que algumas pessoas, por simples capricho, ficam falando mal de qualquer coisa.
luiz antonio e silva
1 de Abril de 2005

Nota: 1
Não gostei nem do bar e nem do samba.
Carlitos
27 de Março de 2005

Escrevi uma mensagem há um mês neste fórum e voltei hoje pra ver se tinha algo interessante, e eis que deparo com um festival de lorotas!
A mensagem do tal Kevin Mc Bacon foi algo simplesmente bizarro, primeiro o cara vem com esse papo de que conhece uns indianos (acho que a mensagem dele só serviu pra mostrar seu espiríto cosmopolita), depois fala de uma suposta discussão por causa de uma camiseta (mais uma vez mostra seu vasto conhecimento ao soltar a informação de que Ozzy Osbourne é "renomado roqueiro americano que comia morcegos vivos em seu show") e no final vem falar de uma tal shanna. Gostaria de saber como a dona do estabelecimento falou? Será que disse: "Pra entrar aqui tem que tirar a Shanna pra fora!".
Depois vem outro dizer que fulana chegou pra ele e mandou-o tomar em tal lugar. Não sei mais quem diz que o garçom que o atendeu na porta foi mal-educado (!).
Não conheço a dona e nem quero conhecer, por isso não posso falar dela. Mas com relação aos funcionários da casa só tenho elogios a fazer, assim como vários que postaram mensagens aqui já fizeram.

Marcio Sampaio
24 de Março de 2005

Nota: 1
O bar é ruim , gostei do som, mais o bar é péssimo por causa do atendimento !
jorge guedes
24 de Março de 2005

Acho uma tremenda sacanagem pessoas usarem este espaço pra ficar "se vingando" dos outros, por meio de histórias mirabolantes e mentirosas como essa abaixo. Ela já começa totalmente sem sentido, porque quem frequenta o Ó do Borogodó está cansado de saber que lá não tem fila às 21h30 de uma sexta-feira. Totalmente surreal. Isso é coisa de criança. O Ó do Borogodó é um dos bares mais bem-sucedidos de SP neste momento, e oferece o que há de melhor na música brasileira, em especial samba e choro. Já é uma grande razão para ser alvo de um bando de invejosos, visto que o bar é lotado diariamente. O atendimento é ótimo, os garçons são extremamente atenciosos, sem exceção. Os donos são muito gente fina, e o serviço sempre foi bom, na minha opinião. Amo os petiscos que são servidos na casa, de alta qualidade. Eu já trabalhei muitos anos atrás de balcão de bar e não é nada fácil lidar com o público. Só que, quando eu tenho algum problema em qualquer estabelecimento que frequento, resolvo na hora, não fico enchendo a página do bar neste site pra fazer campanha. Ridículo. E, podem crer, isso não afeta em nada a reputação do bar, que continua sendo o melhor de SP, na minha modesta opinião.
Roberta Cunha Valente
23 de Março de 2005

Nota: 5
NOTA 10!!! O Ó do Borogodó realmente é a melhor casa de Samba-Choro em Sampa... para quem tem a oportunidade de conhecer e apreciar profundamente esse Bar, com tudo de maravilhoso que ele pode propiciar.
"... e a beleza do lugar pra se entender, tem que se achar que a vida não é só isso que se vê, é um pouco mais, que os olhos não conseguem perceber, que as mãos não ousam tocar e os pés recusam pisar..." Essa é a grandeza da vida, pena que nem todas as pessoas alcancem tal grandeza.
Beijos a todos meus queridos do Ó, amo todos vocês!
janis
janis
23 de Março de 2005

Nota: 5
Não tem nem o que falar... é o MELHOR BAR DE SAMBA-CHORO DE SAMPA!!!
Abraço a todos!
Rodrigo
22 de Março de 2005

"Ó do Borogodó"...éééé...Fica Difícil pra eu descrever o que penso sobre a casa, pois tenho profundo respeito pelos leitores dessa coluna, porém, é com uma profunda dor no coracão (pra não dizer no estomago), que irei compartilhar com todos a minha primeira e única experiência neste "pífio" e "moribundo" local.
Cheguei por volta das 21:30 horas de uma sexta feira junto à meus amigos, para compartilharmos momentos de discontração e integração com umas pessoas que acabavam de chegar da Índia, e que tinham uma vontade muito grande de conhecer nossa cultura musical. Como já era do nosso conhecimento, a casa possuia música ao vivo de altíssima qualidade, assim como bebidas e petiscos muito peculiares ao nosso paladar. Por isso optamos pelo bar.
Lá chegando, logo na porta já fomos muito mal recebidos por um garçon que não me lembro bem o nome, mas que nos mandou esperar do lado de fora, já que todas as mesas do estabelecimento estavam ocupadas.
Após mais de 50 minutos de espera, eu, minha namorada Carmen e Hanna, Shanna e Jorginho, que tinham acabado de chegar da Índia (Jorginho é filho de uma brasileira nascida e criada na Moóca, com um indiano chamado Mahatmma), resolvemos reclamar com alguém que pudesse se responsabilizar pela casa e que nos solucionassem o problema com rapidez.
Foi quando nos foi apresentada a dona do tal barzinho, pessoa na qual vou me referir como "aquela mulher".
"aquela Mulher", com a delicadeza digna de um dinossauro, nos desferiu palavras de baixíssimo calão dizendo que o bar dela não estava disponível para pessoas que não gostavam de samba e que somente teríamos uma mesa caso tirassemos a Shanna pra fora junto com os demais indianos.
Ela se referiu com à Shanna como alguém que não era digna de compartilhar do mesmo ambiente que "sambistas renomados" pois a mesma se encontrava com uma camiseta preta com uma estampa do Ozzy Osbourne(renomado roqueiro americano que comia morcegos vivos em seu show).
Ficamos indignados com tal preconceito, afinal de contas vivemos num país livre.
"Aquela mulher" nos fez ir embora sem poder provar dos acepipes que o cardápio oferecia e nos privou de bebericar uma cervejinha gelada ao lado de nossos amigos orientais.
É com muita indignação que recomendo às pessoas que lerem esse comentário que não frequentem essa espelunca, essa casinha não é digna de receber o título de casa de samba, nem tampouco de receber pessoas que vem de fora pra conhecer nossa cultura musical e culinária.
Ass: Kevin e Carmen.
Kevin McAllister da Silva
21 de Março de 2005

Nota: 1
Pois é, fazia parte do pessoal que foi expulso do bar. Não fizemos nada...!!! A dona desse estabelecimento ficou agradando a uma porção de gringos e nos tratou como cachorros. PS: Fizemos questão de pagar a conta, coisa que não deveriamos ter feito. Só a porção de pastel demorou 1 hora e meia para sair. Não sei como pessoas desse tipo conseguem manter um estabelecimento desses aberto por 4 anos como ela mesmo disse, a propósito estavamos em 7 pessoas e várias outras pessoas que "frequentavam" o lugar, por sinal já foram avisadas do péssimo atendimente e falta de ética desta pessoa. Iremos propagar o que aconteceu para o máximo de pessoas possíveis, pois não somos animais para sermos escurrassados de lugar nenhum !!! O próprio segurança do lugar nos deu razão !!! Bom é isso ai, deixo aqui minha mensagem e espero isto não ocorra com mais ninguém !!!
Sara
20 de Março de 2005

Nota: 5
MARAVILHOSO ! Às segundas, excelente música. Às sextas, creio que seja desnecessário citar os INIMIGOS DO BATENTE que dão um super show ! Bem frequentado também !
Adriana
16 de Março de 2005

Nota: 5
Parabens e um forte abraço a todos do Inimigos do batente, estao cada vez melhor, saudades da epoca que era toda sexta aqui na barra funda no espaco cuca, e queria fala que nos da barra funda temos muito respeito e amor pelo samba de voces!
qualquer coisa que precisa é so chega na barra funda que agente da um jeito!

AGORA FRACO É QUEM SE ESCONDE ATRAZ DE UM COMPUTADOR PRA FALA GROZA! SEJA HOMEM RAPAZ RESPEITE AS PESSOAS E PRINCIPALMENTE O SAMBA!

DANIEL CAMISA VERDE E BRANCO

Daniel (santista)Camisa-B.F.
11 de Março de 2005

Pessoal, nao deixem de ir assistir a Banda dessa próxima sexta-feira, a Trinca... é demais o som deles!
Ludimila
2 de Março de 2005

Nota: 5
Depois de um bom tempo voltei ao Ó no Sábado e fiquei muito contente em rever meus amigos "Inimigos do Batente". Infelizmente não pude ir ao Ibirapuera vê-los ao lado das velhas-guardas da Portela e Camisa. Me emocionei muito relembrando dos tempos de Cuca e de ouvir alguns sambas ( Fernando cantando "Ouro desça do seu trono" e Edú em "Arvoredo" foram ótimos ).
Quero também deixar meus parabéns ao Paulinho de Osasco, que em parceria com o Marcelo Fonseca, fizeram um lindíssimo samba, uma homenagem à velha guarda da Portela...

Abraços!!

Ps: A porção de carne seca com abóbora é muito boa!!!
Arthur "Favela" Tirone
28 de Fevereiro de 2005

Olha, eu frequento o bar há um bom tempo também, não sou assíduo, mas volta e meia apareço por lá. Assim, posso dizer que o público mudou bastante, aliás: em que bar ou casa noturna não há mudança de público, seja pra melhor ou pra pior?

Obviamente, que o pessoal que frequenta um lugar a mais tempo sempre vai achar que o público piorou. eu mesmo acho isso, mas como alguem já tinha dito: é babaquice ficar sendo saudosista a ponto de reclamar disso o tempo todo.

Agora, lendo essa discussão aqui sobre a banda que foi substituída, sobre a suposta "educação musical" dos frequentadores, fico me perguntando: "que raios esses caras fazem lá?". O lugar não é um bar?

E o que se faz num bar? Acredito eu que seja beber e conversar com os amigos. Ouvir a música ao vivo que tocam também faz parte, mas pelo visto tem gente que acha que a função do cliente é ouvir, apreciar, "respeitar" a musica e ficar quieto.

Se é pra se comportar assim (e esperar que os demais se comportem assim) é melhor montar um belo sistema de som em casa pra "apreciar" a música, ou então vai num show.
Marcio Sampaio
27 de Fevereiro de 2005

o ò do Borogodó escreveu:

1. É óbvio que não tiramos o grupo da sexta por excesso de gente. É tão óbvio que quem fez essa acusação se contradisse na mesma frase. - “se é por causa da muvuca que sempre encheu a casa por 2 anos com um samba de qualidade, porque o domingo do Ó, continua cheio, se é para controlar a muvuca não era para parar geral.” – Excelente observação. Segue outra frase. – “o dono realmente falou que queria esvaziar as sextas...” Falou pra quem? A

VERDADE:
FALOU NO BALCÃO E VÁRIAS PESSOAS ESCUTARAM, INCLUSIVE QUE TINHA PESSOAS ARMADAS FREQUENTANDO O Ò, QUERIAM ACABAR COM A MUVUCA, FOI A EXPRESSÃO QUE OUVI.

ESCREVEU O Ò:
se quiséssemos esvaziar a casa tiraríamos o domingo também.

NÃO TIRAM O DOMINGO POIS A BANDA É DOS PROPRIETÁRIOS DO Ó (NÃO TEM CONTRADIÇÃO, ÉISSO DEMONSTRA DOIS PESOS E MEDIDAS ARBITRÁRIAS.

ESCREVEU O Ó:

Segue mais uma frase – “ o abaixo assinado que rolou foi e sempre é espontaneo, a atitude de deboche quanto ao sentido democrático do gesto, constrasta com a atitude ditatorial do dono que riu do abaixo assinando com desdém” . Gostaria de esclarecer que não fazemos parte do ministério da cultura e não trabalhamos com dinheiro público. O abaixo assinado nos foi entregue por 3 pessoas e em nenhum momento foi tratado com desdém. Esclarecemos, com todo respeito, pra essas pessoas quais eram os motivos da mudança.

A VERDADE:

O CORO DE DUZENTAS PESSOAS PEDIA A PERMANENCIA DO GRUPO, O DONO REALMENTE AGIU COM DESDÉM, NÃO PRECISA SER DO MINISTÉRIO, MAS TER SENSIBILIDADE PARA OUVIR A VOZ DO POVO.

Ó DO BOROGÓDO:
Gostaria também de lembrar que essa roda iniciou seu trabalho no ó às segundas-feiras e que, não havia cliente nenhum para ouvi-los, e, mesmo assim, acreditamos na roda e tão logo foi possível, abrimos a sexta pra eles.

A VERDADE:

A RODA COMEÇOU NOS DOMINGOS SUBSTITUINDO A BANDA DOS PROPRIETÁRIOS DO BAR, PEGOU A SEXTA ESVAZIADA E POR DOIS ANOS ANOS LOTOU A CASA, O PÚBLICO FOI CONQUISTADO COM O TRABALHO DO GRUPO, POR ISSO ERA MELHOR UM PAPO DEMOCRÁTICO PARA FIRMAR POSIÇÃO QUE A SAÍDA ASSUMIDA.

OBS:
É NECESSÁRIO OS ESCLARECIMENTOS PARA QUE AS PESSOAS CONHECAM O OUTRO LADO, O LADO DO MÚSICO QUE POR VONTADES DE DONOS DE CASAS NÃO TEM NENHUMA SEGURANÇA NO TRABALHO.

OBS: SOU FÃ DO GRUPO E SEMPRE ESTIVE PRESENTE, MEU EMAIL E VÁLIDO.


Nardo
20 de Fevereiro de 2005

Putz....Era só o que faltava mesmo.

Não bastasse o desfile das escolas de samba ter virado um verdadeiro desfile militar cheio de regras, agora querem ditar a forma com que as pessoas devem se portar em rodas de samba.
Abraços a todos.
Carlos Renato
16 de Fevereiro de 2005

Nota: 5
Voces estao de parabens, principalmente pelos musicos da casa. Ricardo Valverde voce `e um gato. O Diogo ainda mais!!!! (pau d'agua)!!!!
com carinho, Aurora
Aurora
4 de Fevereiro de 2005

estou voltando pro Rio, só um toque, essa coisa de glamour com bar comigo não rola, lá no Rio tem vários bares com o perfil supracitado, o que interessa é o povo que curte;
aliás, tem dias de silêncio, dias de tumulto, dias de recital, acho que depende do artista, da educação musical dos frequentadores, do dia, do clima,... e vai por aí.

abs e bom carnaval para o pessoal de Sampa.
Nardo
4 de Fevereiro de 2005

educação para ouvir em silêncio, passa pela educação musical, isso é básico, desculpe se é tão difícil de entender, não foi a intenção.


abs
floryanogomes
4 de Fevereiro de 2005

Nardo, como vc mesmo disse, isso tudo é falta de educação. Não "falta de educação musical" que eu ainda estou tentando descobrir o que seria...
Renato Araujo
4 de Fevereiro de 2005

Só para não ser injusto, tem uma galera jóia rara que consegue falar baixo, ou ficar no silêncio e se deliciar com o banquete da música.
Nardo
3 de Fevereiro de 2005

Metendo a colher é o seguinte:
a falta de educação dos clientes é exatamente ignorarem os músicos e a música que está rolando como estou cansado de ver em qualquer bar da Vila Madalena, falam alto, mamados, não respeitam nem os garçons, gritam pedindo músicas nos ouvidos do músico que tenta cantar.
Concordo com a Roberta Valente quando ela pede respeito aos músicos, e aos funcionários da casa, alias, parabéns por sua coragem, pois são poucos os que defendem a classe.

ps:
"descurpe" eu meter a colher mas conheço a Vila e seus frequentadores e é isso que penso.
abs
Nardo
3 de Fevereiro de 2005

Floryano, explique melhor a "falta de educacao musical dos clientes". Você mede a educaçao musical dos clientes por aqui?
Renato Araujo
31 de Janeiro de 2005

Estou gostando do espaço, pois podemos delatar as artimanhas de donos de bar, a falta de educação musical dos clientes, a enpáfia de músicos, e tudo o mais, isso é democracia, apesar de incomodar alguns, eu pessoalmente não vou mais no Ó, depois que tiraram o quinteto, o bar ficou meio elitizado.
E o mais legal é que v.c pode delatar no site, isso é bom pois outras pessoas também colocam suas opiniões, isso é salutar, pois ao ler o comentário as pessoas responsáveis que trocam músicos como quem troca o guarnapapo, podem até quiça, rever seus conceitos e tratar com mais respeito esses guerreiros da noite-os músicos- que são via de regra destratado pela maioria dos "baladeiros" e donos de casa que em sua maioria "mordem" a paga que é do músico.

e quem tem tempo pode correr as casas do Rio e Sampa e notar que polêmica não é privilégio do Ó, pululam e borbulham na maioria dos sites das casas do eixo Rio-Sampa.

abs
floryanogomes
31 de Janeiro de 2005

Caro João Carlos, se reagir à folga e falta de educação de determinados clientes que não respeitam os músicos e os funcionários pra você é ser metida, você vai me desculpar, mas sou metida mesmo.
Roberta Cunha Valente
25 de Janeiro de 2005

Nota: 1
O espaço é legal mas esses funcionários cabelos ai são muito folgados outra coisa é essa pandeirista que é metida e ainda manda o grupo parar de tocar pois tem muito maloqueiro na casa para com isso né dona Roberta vou mudar de bar por causa dessas coisas
Joao Carlos
25 de Janeiro de 2005

Eu concordo com a Ananda.
Os grupos de samba que tocavam no Ó: quinteto e o grupo do Borba são infinitamentes superiores ao fraco inimigos do batente.

geralmente os artistas são políticos e sempre elogiam tudo quanto e grupo; e se quantidade significasse qualidade o robertão carlo seria o máximo _são milhões de fãs-

abraços aos verdadeiros sambistas
floryanogomes
17 de Janeiro de 2005

Nota: 4
estive no Ó ontem (domingo).
o som dispensa comentários, Banda Pau d'Água quebra tudo.... muito bom....
só não dou nota máxima por causa de alguns frequentadores.... um pessoal metido a malandro furando fila quando já estava no esquema "rodízio" p/ entrar, e o funcionário do Ó deixou quieto.... e mais uma meia dúzia de cara folgado lá dentro, que não tinham nada a ver c/ o ambiente.
mas isso tudo é o de menos.... o Ó aos domingos continua sendo a melhor pedida.
um abraço.
Felipe Ormeni
17 de Janeiro de 2005

Puta vida!! Essa é exigente mesmo!! Quem conhece o trabalho dos Inimigos do Batente nem se abala!! É só perguntar pro Moacyr Luz, Hílton do Candongueiro, Nei Silva, Surica, Bandeira, e às 1.000 pessoas que estavam na festa do Samba-choro no Cuca...
Que papo furado...
Arthur "Favela" Tirone
12 de Janeiro de 2005

Pela briga dos defensores de ambos os lados o que se nota é a maneira como os grupos foram tratados e não a liberdade do proprietário em substituir.

agora quanto ao samba eu como frequentadora posso dizer que a qualidade caiu; que grupo ruim o tal de inimigo do batente, o que que é isso minha gente...

ananda
12 de Janeiro de 2005

Nota: 5
Gostaria de parabenizar o Ó por receber sempre muito bem a todos que comparecem, de segunda a domingo..Acho genial a casa dar espaço a novas bandas (gostei muito do grupo Chinelas, apesar da curta duração do Show, afinal, estamos em São Paulo e casa de samba é o que não falta pra todos os grupos e gostos..O samba (partidão alto!!) promovido pelo Inimigos do Batente é uma delícia, principalmente qdo recebe outros no vocal!!fui a vários sábados e adoro!Parabéns pela iniciativa do Ó em abrir a casa aos sábados a tarde...a Feijoada é de primeira, assim como o sanduba de beringela!rs (vamus falar dos petiscos tb, né?)

Abraço,..........Zil.
Alessandra Cantieri
6 de Janeiro de 2005

o dono acabou com a sexta por causa da muvuca, ele disse testualmente que o pessoal do samba estava indo armado, ficava perto do balcão etc.

realmente a galera continua tocando na Vila, tem talento , aliás, o fato não é esse, o fato é um dono de casa resolver tirar a galera que mandava bem sem explicação, sem um papo democrático.

o dono simplesmente acabou com um lance que nós começamos na sexta e esta cheia até hoje graças ao nosso trabalho, ou vcs pensam que os clientes frequentam bares por causa do dono ( só os puxa)

realmente o pessoal começou na segunda que era tão vazia quanto a sexta.(temos testemunhas que nos acompanham desde então)

quanto a tocar cuíca, cadê a crítica, aonde que o dono toca cuíca, acho que o dono fica melhor com o prato.


nader
25 de Novembro de 2004

Depois de muitos e-mails falando sobre o mesmo assunto, nós do ó do borogodó, resolvemos nos manifestar. Gostaríamos de deixar claro que não temos nada contra manifestações contra o ó e que esse espaço, também serve pra isso. O público tem todo direito de dizer o que gosta e o que não gosta, mas inventar verdades sobre nossas decisões e dizer que dissemos isso ou aquilo, é covardia. Não conhecemos Mateus nem Shultz (que aliás, não usa seu e-mail verdadeiro no site, se for tentar mandar uma mensagem encaminhada a ele, voltará.) portanto não dissemos a eles o porque de termos tirado a grupo de sexta-feira. E já que o assunto anda tão polêmico (que falta de assunto, hein,?), resolvemos responder a questão. Uma tentativa de esclarecer a questão a aqueles que não estão entendendo nada.
1. É óbvio que não tiramos o grupo da sexta (Dayse, Borba, Newton, Daniel, Borrão) por excesso de gente. É tão óbvio que quem fez essa acusação se contradisse na mesma frase. - “se é por causa da muvuca que sempre encheu a casa por 2 anos com um samba de qualidade, porque o domingo do Ó, continua cheio, se é para controlar a muvuca não era para parar geral.” – Excelente observação. Segue outra frase. – “o dono realmente falou que queria esvaziar as sextas...” Falou pra quem? E como já disse Shultz, se quiséssemos esvaziar a casa tiraríamos o domingo também. Segue mais uma frase – “ o abaixo assinado que rolou foi e sempre é espontaneo, a atitude de deboche quanto ao sentido democrático do gesto, constrasta com a atitude ditatorial do dono que riu do abaixo assinando com desdém” . Gostaria de esclarecer que não fazemos parte do ministério da cultura e não trabalhamos com dinheiro público. O abaixo assinado nos foi entregue por 3 pessoas e em nenhum momento foi tratado com desdém. Esclarecemos, com todo respeito, pra essas pessoas quais eram os motivos da mudança. Sempre tivemos a vontade de ter um dia livre na semana para que pudéssemos abrir espaço pra outros e tantos músicos com bons trabalhos e pouco espaço. ou mesmo apresentar músicos já consagrados que jamais tocaram em bares e levar para o público a oportunidade de conhecer coisas novas. Isso é desrespeito? A roda de Dayse tocou no ó por quase 2 anos e sempre foi tratada com muito respeito. Sempre tiveram liberdade pra trabalhar e o fizeram maravilhosamente bem o tempo que permaneceram na casa. Gostaria também de lembrar que essa roda iniciou seu trabalho no ó às segundas-feiras e que, não havia cliente nenhum para ouvi-los, e, mesmo assim, acreditamos na roda e tão logo foi possível, abrimos a sexta pra eles. Pra quem não sabe, a roda continua tocando na Vila em dois excelentes espaços, Samba e Traço de União.
2. – “ leio na página a sexta está indefinida, e vazia.” Para quem ainda não percebeu, as sextas no ó não estão abertas por indefinição. Não há nenhum grupo de MPB tocando toda sexta. As sextas são temporadas de 3, 2 ou 1 apresentação. Já passaram por ali QCV (quarteto de cordais vocais), Arismar do Espírito Santo, Alessandro Penezzi, As Chinelas, Futricando, Pererê e muitos outros. Não é possível agradar a todos e não temos essa pretensão. Você pode chegar lá e ouvir algo que deteste ou descobrir alguma coisa que goste muito.Pode também não ir (lembramos a todos que não obrigamos ninguém a ir ao ó do borogodó). Às vezes está lotado, às vezes está vazio. Faz parte. Vamos continuar apostando no trabalho de muitos que virão por aí.
3. Um assunto meio velho mas lembrado por um cliente indignado – “na minha opinião o dono da casa não é muito chegado em samba, pois segundo o que estão denunciando e que ele primeiro tirou o quinteto, depois tirou a galera de sexta...” Se quiséssemos acabar com o samba não teríamos aberto um espaço de samba e choro. Se quiséssemos só ganhar dinheiro com o samba não tiraríamos nem o Quinteto nem o Grupo da Dayse. O Quinteto saiu da casa depois de um ano de uma roda maravilhosa porque resolvemos abrir espaço para outro sambista genial e pouquíssimo conhecido, chamado Ney Mesquita. Ney fez um trabalho surpreendente no ó, com resgate do samba paulista, jongo e muitas manifestações populares. Infelizmente, Ney nos deixou em agosto. É com muita saudade e com muito axé que lembramos e agradecemos a alegria de ter compartilhado, e de ter dado espaço pra sua música, em vida (já que não somos médiuns nem oportunistas). Lembramos também que todo sábado a partir das 16h o ó recebe o grupo Inimigos do Batente, e pode ter certeza que eles não tocam bossa, nem choro, nem samba-canção (que é o que vocês chamam de mpb).
4. Última etapa. Mais uma frase. – “ ... com isso os garçons, os seguranças, a cozinha; enfim todos deixam de ganhar seu sustento...” Será mesmo que é necessário responder essa frase absurda? Bom, quem quiser uma resposta sobre isso, consulte os funcionários do ó. Eles podem responder melhor do que ninguém.

Agradecemos a todos,
Um abraço,
Estephania
23 de Novembro de 2004

O que é que está acontecendo? O shultz está chateado com a saída da banda de sexta, tudo bem. O mateus chateado também com a banda de domingo, que não toca música, tudo bem.
Quem viu, viu. Quem esteve no último dia de apresentação do time de Dayse e companhia, composta de excelentes músicos, gente com história e substância, que anda sendo música há tempos, notou claramente a chateação/indignação de todos que, com fundamento, fizeram questão de transparecer. Agora pra que tanto assunto?
O pessoal de sexta continua tocando pela Vila, em outros lugares. A gloriosa Dayse está aos sábados no Traço de União e é isso aí. Quem quiser matar saudades não será difícil encontrá-los.
E assim vai se tocando a coisa, cada um encontrando seu caminho, incluíndo nessa o dono do bar e a banda de domingo que por sinal tem o Borba como cantor, o mesmo que cantava às sextas.

guilherme
23 de Novembro de 2004

Nota: 1
viu shutz quer criticar o dono, ele é cheio de amigo para defender-lo.
conheço o Ó, e a banda que tocava nas sextas, o dono realmente falou que queria esvaziar as sextas, pois parece que o pessoal do samba estava abusando no balcão (clientes tipo armado), como a casa continua cheia o plano do dono falhou, mas agora com a MPB que está rolando pode ser que fique do jeoito que o dono quer.

outra coisa o shutz esqueçeu de falar da banda que toca aos domingos e pensa que está fazendo música.

o abaixo assinado que rolou foi e sempre é espontaneo, a atitude de deboche quanto ao sentido democrático do gesto, constrasta com a atitude ditatorial do dono que riu do abaixo assinando com desdem.



Mateus
23 de Novembro de 2004

Nota: 5
será que o shultz é um crítico violonista, sem autocrítica?
guilherme
22 de Novembro de 2004

prezado shultz,
tem gente que fala e tem gente que faz.

p.s.: se quiser aprender a tocar cuíca, Leo, um dos sócios da casa, pode te dar umas aulas. é só passar no bar e pegar o telefone dele com o dani. ou com ele mesmo que costuma estar nas rodas do bar todas as noites.

um abraço,
Estephania
10 de Novembro de 2004

Nota: 5
quero saber se o dono do ó, e o Leo, velho conhecido de outras batalhas e que foi sempre um sonhador e de um apurado gosto musical
Se for, muito boa sorte tenho certeza que a
casa é um sucesso.

sauadações sambistas
eduardo moreira
5 de Novembro de 2004

Engraçado, nas três últimas sextas-feiras que passei no bar ele estava lotado.
Roberta Cunha Valente
2 de Novembro de 2004

Descrevo com muito carinho a todos, que aos sábados a tarde o samba é do bom!
Eu como sambista, recomendo a todos que gostam de um bom samba, que vão para lá prestigiar está rapaziada fantastica dos INIMIGOS DO BATENTE.
Um abraço a todos !
De seu amigo de hoje e sempre.

Helio Rubi
Helio Rubí
27 de Outubro de 2004

Nota: 5
Estou realmente muito feliz de ter conhecido a Roda de Samba do grupo Inimigos do Batente. Gostaria de agradecer ao Fernando e a todo o pessoal pela cordialidade em que nos receberam e ao Algusto que nos levou lá. Muito obrigado. Um forte abraço da família Candongueiro.
Ivan Mendes (Candongueiro)
26 de Outubro de 2004

Nota: 5
Escrevo hoje aqui para expressar todo meu carinho e respeito pelo Ney que se foi e deixou saudades e muita gratidao no coracão. Não o conhecia mas o via, quinta apos quinta com seu maravilhoso grupo, transformando aquele pequeno boteco num lugar onde a musica e o amor expressado por ela faziam agente sentir que a vida realmente vale a pena. Ney agora faz samba com os orixas e se pendura da lua inves daquela triste e solitaria lampada que ele deixou la no O'... Um abraco de amor do compadre Beto...
Beto
13 de Agosto de 2004

adoro o Ó - o que tem de música boa lá não tá no gibi (e não é só a Roberta...) Gosto muito da 3a feira, aquele choro maluco com aqueles músicos maravilhosos - o Alessandro e o Rodrigo e o Zé Barbeiro. Bjs !
Lea Freire
4 de Agosto de 2004

Nota: 5
Adoro esse lugar,, com certeza é um dos poucos refugios em sp e o melhor é que a música é ótima e as pessoas que frequentam o bar são muito alegres e simpaticas,, como eu...
Michelly
2 de Agosto de 2004

Borogodó o fenômeno. Talvez seja pela auto-estima alta do povo brasileiro que a volorização de nossa cultura tenha acontecido, e esse bar é o reflexo intenso disso. Na minha umilde opinião de professor de música, é o melhor bar de São Paulo pra todos os gostos e gêneros.
João Nepomuceno guitarrero
31 de Julho de 2004

que público, (não todos é claro)
pessoinhas que acham que podem tudo.
renaldo
16 de Julho de 2004

Nota: 4
Que saudades do Ó. Faz tempo que não apareço por lá, mas logo mais irei matar a saudade, principalmente da banda que toca aos domingos! Maravilhosa!!!! Achei show de bola o arranjo que eles fizeram para música "Deus lhe pague", do Chico Buarque. Os caras não são "fraco" não!!!! O atendimento tbém é 10, especialmente dos garçons!!! Aí, galera das antigas, como está aos domingos?? Faz um tempo que não apareço por lá! Independente da frequência, eu sempre aparecerei por lá, só para ter o prazer de ouvi-los cantando e fazendo a batucada!!! Um grande abraço!!!

Da
Daiane
23 de Junho de 2004

Nota: 5
O Ó é um lugar muito raro onde se mistura musica brasileira de altissima qualidade com diversao. Eu, sendo musico, estou acostumado a ouvir musica boa em lugares fechados e escuros, sem poder dançar, sem poder conversar. No Ó, agente tem a arte pelo seu verdadeiro propósito que é a exaltação da alma humana e a alegria que é gerada com isso. Rarissimo e imperdivel fora o atendimento lindo (lindas) e o a galera gentefinissima... Um abraço a todos.
Beto
21 de Junho de 2004

uma falha no meu comentário anterior: o ambiente, além de tranquilo, também estava muito animado, claro.
Felipe Ormeni
22 de Maio de 2004

Nota: 5
fui no Ó ontem, ainda não tinha ido numa sexta-feira, muito bom o samba.
apesar de ter muito mais homem que mulher, o ambiente tava tranquilo (como sempre), e o samba foi de primeira.
parabéns a todo o pessoal do Ó, aos músicos e aos frequentadores da casa, que apesar de ter ficado um pouco mais cara, ainda vale muito a pena.
Felipe Ormeni
22 de Maio de 2004

Nota: 2
Adoro o Ó, sempre achei um ambiente de excelente gosto musical, os músicos são de alta competência, e sempre preferi ir pois era uma balada relativamente barata, mas depois do aumento de 50% na entrada (couvert + consumação)e em todo o cardápio houve aumento. Achei esse aumento um abuso.
e acho que é devido a esse motivo que a casa não está mais lotada como antes.
Tatiana Guimarães
13 de Maio de 2004

Nota: 5
Um bar incrível de simplicidade e de alegria... em que me sinto super à vontade. Mas sobretudo, pelo menos de sexta e domingo, bandas maravilhosas que fazem delirar muita gente ! Bom demais...
DOMINIQUE ALVES
7 de Maio de 2004

Nota: 4
Há muito tempo eu não ia ao Ó, por motivo de viagem. Adoro o som que rola lá, especialmente aos domingos, com o conjunto Pau d'água. Mas mudaram o cantor, né? Borba é um senhor que tem cantado ultimamente? Muito bom! Mas preferia o cantor antigo, um jovem de cabelos cacheados, que brincava com a voz, fazia performance, tudo mais. Cadê ele? Saiu do conjunto? Mesmo assim, continua ótimo o som! Parabéns!
Anna Maria
6 de Maio de 2004

Discordo plenamente do Thomaz e posso dizer que chega a ser um absurdo o que ele escreveu. A comida do Ó do Borogodó é deliciosa, a cozinha é hiperlimpa e o atendimento é excelente. Duvidoso é seu comentário.
Roberta Cunha Valente
3 de Maio de 2004

Nota: 5
Samba da melhor qualidade, de sexta o melhor da noite, lamentando a saída do quinteto as quintas - feiras.
Ambiente agradável, atendimento 100%, mas triste com a falta de higiene dos banheiro.
Luciano Silva de Souza
29 de Abril de 2004

Nota: 1
Ja curti muito o local, mas infelismente devido ao dono e ao gerente da casa nao retorno mais la. O local é sujo e a comida duvidosa. Sem falar na falta de profissionalismo do dono da casa e do gerente. AS VEZES TEM MULHERES BONITAS, MAS NAO O RECOMENDO A NINGUEM........VÁ NO BAR DO CIDAO
thomaz
24 de Abril de 2004

Nota: 4
Só não dou 5 pelo calor que já passei lá... ..e o aperto.
Mas é balada garantida.
Rafa
20 de Abril de 2004

Lamentei demais a saída do Quinteto.Era uma química "quase" perfeita, só não perfeita porque o lugar não comportou tamanho suscesso.É uma pena, mesmo assim vai deixar muitas saudades.Gostaria de deixar claro que não estou desmerecendo á casa, ao contrário, ela só lucrou afinal, o quinteto não só é uma referência, mas uma afirmação para quaquer casa! Bjs à todos
ERICA BRUNO
19 de Abril de 2004

Nota: 5
A CASA É ÓTIMA,O PÚBLICO FANTASTICO E SEM QURER SER PUXAR OS FUNCIONARIOS SÃO MUITO BACANAS, PR A DIZER AVERDADE UMA FAMILIA. ABRAÇOS
FRANCISCO ARAUJO "CHICÃO"
13 de Abril de 2004

Nota: 5
Sou de Campinas e fui no Ó ontem, adorei, valeu a pena ter me deslocado de cidade para conhecer esse bar que é tão falado no meio sambista de Campinas. Recomendo.
Carlos Henrique
6 de Abril de 2004

Nota: 3
Fui conhecer a casa ontem, o samba é show de bola e o atendimento idem, mas a audiencia......... Me desculpem, mas um pessoal nada a ver com o samba.
Marcelo
12 de Março de 2004

Nota: 5
otimos
pattapio2
3 de Março de 2004

Nota: 5
Melhor casa de samba de São Paulo, principalmente as sextas, onde a roda de samba agita um pessoal bonito que faz fila até as 2:00 hs da manhã pra curtir o samba. Vale a pena conferir.
Renato Marino
13 de Fevereiro de 2004

Nota: 4
Já fui muitas vezes ao Ó, desde o começo da casa, e isso faz realmente bastante tempo.
É muita babaquice ficar com "saudosismos", a verdade é que a casa mudou para muito melhor, suprindo uma carência de lugares legais e de boa música da região.
Como defeitos, não posso deixar de apontar o extremado aperto e o calor da casa, é muita gente para um espaço físico que, embora charmoso, é na realidade muito ruim, não foi feito pra aquilo.
A realidade é que o Ó, como "conceito", ficou muito maior que o lugar que o abriga, vide a fila de pessoas que não conseguem entrar na casa, dia após dia.
Claro que é muito complicado mudar pra outro lugar, mas o público da casa é fiel e...que custa refletir sobre isso?
Abraços,
Pedro
Pedro
28 de Janeiro de 2004

Ae, Rafael. Pq vc não monta um bar só para vc? Assim, ninguém saberá q ele existe e vc poderá ficar com ele sozinho!
Lucas
23 de Janeiro de 2004

Nota: 4
Adorei a casa! Música de ótima qualidade e bom atendimento. Os preços são acessíveis. Só acho que poderia ter mais espaço para a galera dançar, pois apesar de não ser exatamente esse o próposito da casa, ninguém resiste...
Lelê
20 de Janeiro de 2004

Nota: 5
eu nunca fui ao Ó, mas só de saber que o quinteto em braco e preto toca lá posso dizer que a casa é nota 10, quinteo vcs estão de parabens eu acabei de chegar do show do quinteto no sesc pompeia, acaompanhando Moacyr Luz, Wilson Moreira e Dorina, foi uma coisa de outro mundo me emocionei quando o Moacyr falou do João nogueira e cantou "poder da criação, não consegui me segurar a emoção foi muito forte é isso ai o samba entra no nosso corpo envade nossas veias quando nós vamos perceber ele está nosso coração tomando conta de nós...
levi aparecido dos santos
17 de Janeiro de 2004

Nota: 5
Adoro o Ó, estive lá ontem e to morrendo de saudade da casa. O clima é ótimo, não tem regras de decoração disso e daquilo, se preocupão com a boa música e isso é ótimo.
Léia Carvalho
16 de Janeiro de 2004

Nota: 5
E eu, que fui ontem e já estou com saudade também !?!?!? Teve apagão e tudo... Quando a luz acendeu novamente estavam todos vestidos !!!
Sima
9 de Janeiro de 2004

Nota: 5
ESTOU COM MUITA SAUDADE,TIVE OPURTUNIDADE DE PARTICIPAR E COMTEMPLAR BOAS RODAS DE SAMBA,O LUGAR E MUITO CHARMOSO, UM PESSOAL TRANQUILO, DIVERSIFICADO,CERVEJA ESTUPIDAMENTE GELADA,O QUE MAIS É NESCESSÁRIO PARA SE DIVERTIR, RECOMENDO!. ESPERO PODER VISITA-LOS LOGO,REVER AMIGOS E GRANDES COMPANHEIROS DE SAMBA!BEIJOS E SUSCESSO EM 2004!!!
ERICA BRUNO
8 de Janeiro de 2004

Nota: 5
Será que a passista abaixo referida é aquela que, não sei porque, me lembra a imagem do touro mecênico ? Se for, estou entnendendo a razão da ciumeira !!!
Sima
7 de Janeiro de 2004

Nota: 5
////
Sima
7 de Janeiro de 2004

Nota: 4
O Ó já foi tão melhor!! Bons tempos quando não se precisava chegar as 9h pra sentar, quando não precisava pagar 4,00 pra beber, quando não acabava a Original, quando voce tinha condições de conversar com os garçons, quando rolava uma saidera, quando você parava o carro na frente (e tinha vaga mesmo), quando você falava que foi no Ó do Borogodó e as pessoas falavam: Ãhn? Onde?
É pessoal, assim como tudo que fica famoso, piorou muito, mas o mais complicado é que ainda é muito bom!! Eu quero parar de frequentar o bar, pois acho que todos os clientes antigos têm que abandonar o bar para quando a "moda" passar, o bar sentir falta da gte! Pq a moda passa.. pq balada Vila Olimpia fecha a cada semestre, muda de nome, senão sai de moda...
Um dia o Ó vai voltar a ser o que era! Enquanto isso já tem um outro muito bom, mas acho que cada um vai chegar lá sozinho, não vale a pena divulgar em um site que essa nova clientela frequenta!
Rafael
20 de Dezembro de 2003

Nota: 4
A Original ficou cara depois que ficou na moda... Cobrar 3,50 uma Antartica é complicado...
Gustavo
20 de Dezembro de 2003

Nota: 5
Alguns comentários:
1)O bar é ótimo;
2)A música é ótima;
3)As canjas são ótimas;
4)O atendimento é ótimo;
5)A ventilação melhorou.
Em suma, o lugar é altamente recomendável.Boa música,gente bonita e um astral bem legal.
Porém,
1)Tragam a dna Inah de volta para as noites de quarta.A dupla Inah/Macacão era imbatível.
2)Já que temos um serviço de manobrista, por que não um de chapelaria?

Fábio Carrilho
5 de Dezembro de 2003

Nota: 5
Em derradeiros versos o samba cai na noite,
Aflitos, os pés temem sua ausência,
-Valeu pessoal, vamos fazer a saideira!!!
Os sorrisos que inundaram a noite se esvaem em tristes, porém satisfeitos olhares.
No peito, a saudade começa no último acorde do violão.
Tomara que o amanhã não demore...

Um grande abraço a todos os amigos do Ó!
Fabinho
2 de Dezembro de 2003

Nota: 5
FEIJOADA AOS SÁBADOS
Atentem para os pertences:
Alessandro, Roberta e Inah, à vontade...
Preparo:
Mistura e Manda
Sima
17 de Novembro de 2003

Quero comentar sobre o email da minha amiga Karina Pires todos iram ao se aniversario logico que não deixaremos de prestigia-la, ainda mais acompanhando o grupo maravilhoso que irá esta la ( Quinteto e logico).
Patricia Ribeiro
17 de Outubro de 2003

Fiquei sabendo do bar através da agenda do Quinteto...e lendo todos esses elogios só me faz ter a certeza de querer comemorar o meu aniversário com essa galera maravilhosa.
E é claro como os amados irmãos de São Mateus e os queridos irmãos de Santo Amaro..Quinteto não me canso de elogiar o trabalho de vcs...
Aquele Axé, e até dia 06/11...estarei aí com certeza,com toda a galera de
São Mateus( Até a Tia Cida vai hein)
Um gde beijo á todos...
Carina Pires Dias (São Mateus)
Carina Pires Dias
14 de Outubro de 2003

Nota: 5
Adoro o Ó do Borogodó...todos os dias tem música de qualidade, gente astral e bonita.
Faria apenas uma sugestão: a Banda Pau D'água poderia assumir um lado mais performático, aproveitando as inclinações do queridíssimo Guilherminho para divertir a galera encarnando o 'Pavão Mysterioso'com direito a máscara de missanga e tanguinha.
Luciana
8 de Outubro de 2003

Nota: 5
Com certeza todos os dias rola muita música de qualidade nesse reduto de música brasileira, mais o dia que eu mais gostei foi a quinta que rola um samba de altissímo nivel com a rapaziada do QBP na minha modesta opinião os melhores representantes do samba brasileiro da atualidade.Quero aproveitar a oportunidade para fazer uma reverencia ao melhor cd do ano sentimento popular do QBP. Marcio Panela P.
claudio m. pereira
4 de Outubro de 2003

Nota: 4
Falaí moçada, tudo enriba?
Fui no Ó na terça e achei sensacional, além da qualidade musical a panderista do grupo é uma gracinha. Vou voltar.
Miguel Baia Bargas
28 de Setembro de 2003

Nota: 5
Realmente, nesses dois anos o bar mudou muito, pra melhor! Por isso é tão lotado e concorrida. Parabéns ao Ó, o melhor bar de samba e choro de São Paulo em todos os sentidos.
Roberta Cunha Valente
26 de Setembro de 2003

Nota: 2
Vou no O do Borogodo ha 2 anos. Realmente a Adriana (texto abaixo) tem toda razao. Nesses dois anos a casa mudou mto! Quem diria que ha dois anos atras as pessoas se arrumassem tanto para ir la? Quem diria que em 1 ano, a cerveja fosse de 3 para 4 reais? E quem diria que a casa mais parece um buffet de festas em que vc tem que chegar as 9 da noite para pegar uma mesa, ja que todas as outras estao reservadas para os aniversariantes pseudo-alternativos. E, como a Adriana lembrou bem, quem diria que ha um ano atras existiria servico de manobrista... É interessante notar como o O do Borogodo foi se perdendo para o capital...
Renato Araujo
24 de Setembro de 2003

É ISSO AI NEWTON !!!
QUER OUVIR UM BOM SAMBA
NAS NOITES DE SEXTA-FEIRA?
ENTÃO VENHA P/ Ó,LÁ VC ENCONTRA PESSOAS ALEGRES,UMA BOA MÚSICA E UM LUGAR MARAVILHOSO PARA RELAXAR A CORRERIA DA SEMANA
UM ABRAÇO A TODOS.
marilda santos
15 de Setembro de 2003

À Adriana Guimarães e amigos do Ó,


Entre paraíso e inferno suponho sermos apenas uma pequena comunidade latino-americana, resistindo. Nos desculpamos pela maneira como foi conduzida a conversa entre a cliente Adriana Guimarães e o funcionário do serviço de valet e gostaríamos de deixar claro que a nossa intenção não é impedir o uso do espaço público como tal, nem desrespeitar a cidadania.
A prefeitura obrigou a todos os bares que queiram funcionar depois da uma da manhã a terem segurança na porta, isolamento acústico e convênio com estacionamento. Não sei a porcentagem de frequentadores que possuem ou não possuem carros, porém , com toda certeza, ter um carro não é fator excludente pra nós. Assim como vir a pé ou de ônibus também não é. O serviço de manobrista está lá pra quem quiser. É opcional.
Não acredito que a essência do Ó esteja no serviço de valet. Vocês já ouviram a D. Inah? E a Fabi? O cavaco de Joãozinho Torto? Já pararam no balcão pra tomar uma cerveja? Já provaram o caldo de feijão do Zé? ... e o sorriso do Zé? Já foram atendidos pela Janis? Já caíram numa conversa com a Stellinha?
Somos isso. Só isso. Não pintamos uma faixa amarela na frente do bar, ela está lá desde que o assumimos e não é utilizada pelos manobristas. Quando livre, é utilizada para descarregar de mercadoria.
Os manobristas seguram, pelo menos, uma vaga por noite, para evitar a fila dupla na hora de pegar um carro. Não estamos tentando criar uma necessidade. Não recebemos nenhum centavo do serviço de valet.
Quanto ao público que freqüenta casa, não fazemos distinção. Se os playboys da Vila Olímpia, os pagodeiros da periferia, os metaleiros da zona sul, as patricinhas de bervelly hills , quiserem sentar no botequim e ouvir boa música, são bem-vindos. Se quiserem se juntar a nós , que maravilha! É sempre tempo.
O Ó não é um paraíso. Se é inferno pra uns, a cidade oferece milhões de opções. Estamos longe da perfeição mas somos uma possibilidade que segue resistindo.

Ó DO BOROGODÓ.
ó do borogodó
27 de Agosto de 2003

Nota: 5
O ó é um grande botequim, daqueles especiais.
É lugar incentivador da música brasileira e ponto de encontro da boemia. Lá existe uma cultura natural de respeito pelo músico, o que permite a experimentação. Às segundas, com o grupo formado por Fabiana, Ruy, João Poleto, Ildo e Mario, embora predominantemente toquem choros e sambas, você pode ouvir interpretações belíssimas de outros estilos musicais como o jazz. Ás terças quem tiver folego que agüente um time que gosta de tocar choro acima do limite de velocidade, resultado do encontro Zé barbeiro, Alessandro, Rodrigo e Roberta. Ás quartas dona Inah comanda o Conjunto paulistano dando um show de interpretação. Ás quintas o quinteto que sempre toca no centro do salão principal da casa,transforma o bar numa verdadeira roda de samba. Às sextas o mestre Borba, figura ilustre da velha guarda do samba paulistano, comanda um time de músicos da pesada.
Aos sábados o grupo de choro cochichando formado por jovens músicos interpreta clássicos desse estilo musical.
Aos domingos a banda Pau d´água, com a percussão mais pesada da programação do ó, toca afoxés, sambas baianos clássicos, e como conta com Borba cantando, muitos sambas e músicas de dorival caymi, com uma execução especialíssima, do tipo ame ou odeie. Particularmente acho bem bom.
É isso, o ó é um botequim onde se fala música.
guilherme
26 de Agosto de 2003

Nota: 5
Fui até o Ó do Borogodó para ver a apresentação do Quinteto em Branco e Preto, Bom chegando lá adorei o hambiem, o atendimento é excelente, até as pessoas que frequenta a casa são super legais, fiz muitas amizades e me diverti muito; Sem falar que o samba do quinteto é da melhor qualidade.
É uma pena que seja de quinta-feira, pois fica difícil eu comparecer todas as quintas.
Mais vale apena confirir!
Priscila S.
Priscila Nascimento
31 de Julho de 2003

Nota: 5
As únicas vezes que fui ao "Ó " foram de domingo...essa quinta vou chamar uma galera e eu queria saber se é bom chegar antes das dez pra num ficar de fora...já ví isso acontecer de domingo...Mas obviamente o bar é ótimo! É um daqueles lugares que fazem vc esquecer que está em São Paulo...e ao mesmo tempo dar graças aos deuses que você ESTÁ em São Paulo!... Valia a pena recomendar um estaça...acho q tem um bom na R. Girassol...
Fred
25 de Julho de 2003

Nota: 5
É, quem diria...ô do Borogodó....O lugar é discreto, simpático, aconchegante e muito alto astral. O pessoal que trabalha lá é 10!!! Estão sempre sorrindo e atendem super bem, né Zé??? Domingo o bicho pega...impossível ficar parado!Ás 5as rola samba de roda, BOM....Mto bom.....Se alguém souber de outros lugares...
E.
27 de Junho de 2003

Nota: 5
realmente e o o do borogodo de bom .
um abraço e muito axe .
marcelo souza
12 de Junho de 2003

Nota: 5
Carioca vivendo em sampa, delirei com o samba da quinta feira (22/5)no Ó. O quinteto (que ja tivera a oportunidade de ouvir anteriormente) foi surprendentemente reforçado pelo Pedrinho Miranda, em noite de homenagem a seu Argemiro.
O pessoal da casa é super simpático e nào deve nada as casas de samba da minha saudosa Lapa. Parabéns!!!
Nelson Brügger
Nelson Brügger
23 de Maio de 2003

EU ADOREI O LOCAL E FELIZMENTE TIVE A OPURTUNIDADE DE CONHECER NO DIA DO MEU ANIVERSARIO, FOI OTIMO,ESTAVA RODEADA DE PESSOAS BACANAS E AMIGAS O QUE SO COMPLEMENTOU O CHARME DO AMBIENTE DEIXO UM FORTE ABRAÇO E UM BEIJO MUITO ESPECIAL AOS MEUS GRANDES AMIGOS AO QUINTETO EM BRANCO PRETO PESSOAS DA QUAL EU TENHO UM CARINHO ENORME E FALAR DELES COMO PESSOAS E MUSICOS DISPENSA QUALQUER TIPO DE COMENTARIO O QUE SE OUVE ATRAVES DELES DIZ POR SI SO. E ISSO, PARABENS AO BAR O DO BOROGODO,VCS ESTAO CERCADO PELA ELITE DO SAMBA BEIJOS!!!!!!
ERICA BRUNO/ SÃO MATEUS
21 de Maio de 2003

Nota: 5
PARABÉNS PELO TALENTO A TODOS (SEM EXCESSÃO) MÚSICOS QUE TOCAM NA CASA E PARABÉNS TAMBÉM AOS DONOS DA CASA.
OBRIGADO POR FAZEREM PARTE DA NOSSA HISTÓRIA
E MAIS UMA VEZ OBRIGADO
reinaldo
23 de Abril de 2003

Nota: 5
PARABÉNS AO BAR E A TODOS OS MÚSICOS POR TEREM ESSE TALENTO MARAVILHOSO E POR NÓS ALEGRAREM NAS NOITES DE SEXTA
OBRIGDO
reinaldo
23 de Abril de 2003

Nota: 5
NOTA 1000, PO MEU A NEGUINHA QUE TOCA CAVAQUINHO NO Ó É 10 É 1000 E TUDO DE BOM
PARABÉNS PELO SEU TALENTO DEYSE, E POR TODOS QUE TOCAM TAMBÉM,E PRINCIPALMENTE O BAR PÓR TER VCS COMO MÚSICOS...
PARABÉNS
REYNALDO OLIVEIRA
marilda santos
23 de Abril de 2003

Nota: 5
caraca
estive no Ó e posso dizer o seguinte:

a moça que toca cavaquinho no Ó as sextas no conjunto do Borba é simplesmente demais, amigo, ela canta Chico, Baden, Ataufo...
levanta a galera
rafael tiago
22 de Abril de 2003

Nota: 5
A roda de samba do Quinteto em Branco e Preto é realmente maravilhosa. Vale a pena aturar a muvuca que se concentra em volta dos músicos para curtir um bom samba. Parabéns, meninos!!! Sou fã incondicional do trabalho de vocês e sei que o sucesso está bem próximo... Beijos para todos.
Fernanda (passista, amiga do Faustão)
20 de Abril de 2003

Nota: 5
Já fui varias vezes no bar e sempre foi IRADO
fui lá na quinta passada dia 10/04,
foi uma das melhores baladas que fui neste ultimos tempos, esta com pessoas agradáveis, numa noite perfeita com muito samba de mesa..
o clima é otimo, o astral é perfeito...
até ir no banheiro é diferente, com vários recados e recheados de frases completam o lugar...
um dos melhores picos para ir em SP
Fernando
15 de Abril de 2003

Nota: 5
Quinteto,Parabéns pelas rodas que vcs tem feito no Ó as quintas feiras!!! Vcs são o futuro e o presente do nosso amado samba verdadeiro!!!
Abraço do amigo Faustão
Faustão
15 de Abril de 2003

RESPONDENDO A PERGUNTA DE FERNANDO
(2 DE DEZEMBRO)
1º SE VOCÊ TEM CARRO BOM,NÃO É NEM UM RETARDADO DE DEIXAR NA RUA PARA SER FURTADO.
2º VOCÊ TOCA NA CASA E NÃO PODERIA ESTAR FALANDO MAL.
3º O PUBLICO VAI NO Ó PARA CURTIR UM SAMBA E TEM TOTAL CONSIÊNCIA DE ONDE VAI DEIXAR SEU AUTOMÓVEL.
4º ENTÃO POR ISSO PARE SEU CARRO NO ESTACIONAMNETO E VÁ CURTIR UM SAMBA DA MELHOR QUALIDADE COM DEYSE DO BANJO,MAESTRO NEWTON NO VIOLÃO,BORDA VOCAL,BALTO NO SURDO E MIGUEL NO PANDEIRO O ÚNICO PERCUSSIONISTA QUE TOCA COM AS DUAS MÃOS.
marilda santos
6 de Abril de 2003

Quem quiser conferir o talento da cantora, instrumentista e compositora
DAYSE DO BANJO
apareça no Ó do Borogodó
todas as sextas 22 horas
o talento dessa musicista é fantástico.
osej
3 de Abril de 2003

Nota: 5
Excelente bar!
O Grupo Cochichando torna a madrugada de sábado para domingo a melhor da cidade. Claro que o ambiente é propício e as pessoas que frequentam o "Ó" também são ótimas. Mas, não tem quem, lá dentro, não se renda à maravilhosa apresentação dos músicos. Aplausos ao Grupo Cochichando!
Elly Chagas
30 de Março de 2003

Nota: 5
Para quem não sabe o Ó do Borogodó tem música tb às segundas feiras. Um sexteto faz a festa com sambas antigos. Pintei por lá sem saber se rolava alguma coisa e saí de lá extasiada! O repertório é realmente maravilhoso ...lembrei da minha infância...minha mãe costumava cantarolar enquanto fazia seus afazeres...
Amanda
26 de Fevereiro de 2003

Adorei o bar! Um bar ganha pontinhos comigo quando tem música ao vivo (sem esfaquiar o meu bolso), cerveja de garrafa e gente bonita!
Pretendo voltar algumas milhares de vezes!
Adorei o choro da galera da quarta-feira!!

Beijocas!
Camila.
Camila
27 de Janeiro de 2003

a partir de janeiro no Ó do Borogodó,
vai rolar música brasileira, com samba de qualidade rara;

todos os domingos Dayse do "banjo"
e João Borba interpretam entre outros;

samba lenço (samba rural paulista)
Donga Sinhô Ismael Noel Cartola Nelson Cavaquinho Geraldo Filme Zeca Almir Aragão Jobim Chico e muito mais, além de composições próprias ;

completam a roda de samba:
Newton violão 6,Daniel sete, Balto no surdo e o Miguel no pandeiro.
osej
23 de Dezembro de 2002

O grande compositor de sambas Borba faz dueto com Dayse do banjo no ó, nos dias 9 16 (segundas)
uma carioca de Padre Miguel com sua voz e seu cavaquinho cheio de ginga encontra um dos maiores representantes do samba genuíno de São Paulo, no programa obras de Cartola, Noel Almir Zeca ...e composições próprias de Dayse e Borba e outros parceiros da cena paulistana


osej
3 de Dezembro de 2002

Nota: 5
Ambiente muito bom, bons musicos, bom atendimento e cerveja a preco bem razoavel. So a entrada que assusta um pouco...
Raphael Vilamiu
26 de Setembro de 2002

Nota: 5
O ambiente do Ó é muito agradável, a casa dispõe de uma decoração aconchegante. A casa possui um hall de pingas de alta qualidade e o melhor mojito da cidade (não vá ao bar sem experimentar, é muito melhor do que os mojitos servidos em bares cubanos). Os músicos e o estilo de música que tocam no bar fazem do Ó um lugar obrigatório para quem quer curtir a noite, ouvir grandes bandas, acompanhado de um público respeitador e entendedor de músicas de qualidade, e por um preço muito mais que razoável.
maria
8 de Maio de 2002

Nota: 5
O melhor bar de samba choro e jazz bem alternativo em sao paulo.
otimos musicos e pessoal de primeira.
imperdivel
Felipe
2 de Maio de 2002

Nota: 5
A casa é agradabilíssima, o atendimento é ótimo, a música é de alta categoria. Excelente!
Maria Amendola
7 de Abril de 2002

Nota: 2
Realmente a casa tem um ambiente gostoso,
sei que o samba e choro da melhor qualidade, nas terças e quartasjá atrai muitas pessoas.Mas aos domingos o grupo de jovens que toca na casa ainda não entendeu o recado.O grupo começa com Afro-Samba,Samba-Bossa, depois passa Ben Jor, Hino do Corinthians e axé, fora as brincadeiras(o cover artístico é cobrado).
a noite é salva pela "canja", como eles dizem, de uma jovem que manda Nelson Cavaquinho, Cartola entre outros .Pena que o Domingão do "Ó" não esteja resolvido.
marcelo rodrigues
5 de Março de 2002

Faça seu comentário

ou apenas dê uma nota à casa.

Email:
Nome:
Nota:
Quanto maior a nota,
melhor a casa
Sem nota 5 4 3 2 1
Comentario:

  • Escreva algo que será de interesse às pessoas que visitam o site e lerão seu comentário daqui a alguns meses.
  • Seu nome e a data em que o comentário foi feito aparecerão automaticamente, seu email não será divulgado.
  • Se der mais de uma nota, apenas a mais recente será contabilizada.
  • Nos damos o direito de cortar mensagens anônimas, preenchidas com pseudônimos ou emails inexistentes. Damos boas vindas a críticas de quem tem caráter para assinar o que escreve.

Notícias | Casas com música | Artistas | Tribuna Livre | Artigos e debates | Fotos | Partituras | Compras | Amigos do Samba-Choro | Busca

Receba notícias sobre samba e choro por email:

Contato | Privacidade | Sobre este sítio
©Copyright 1996-2014
Samba & Choro Serviços Interativos LTDA
(Todos os direitos reservados).