Agenda do Samba & Choro

Mauro diniz

Google
Web samba-choro.com.br
 Página principal » Artistas

Mauro Diniz

Nascido num dos bairros mais tradicionais do samba carioca de Oswaldo Cruz, aos 4 anos ficava entre as pernas do pai, deixando todos boquiabertos com a habilidade nos primeiros acordes no cavaquinho. Aos 8 anos além de ter feito uma paródia com um samba de seu pai, para ser o samba-enredo do Bloco da Alegria, foi persenteado com um violão por sua mãe Thereza, pastora da Escola assim deu seus primeiros passos em direção a música guiada nada mais nada menos por bambas da Velha Guarda da Portela. Tinha seu sono embalado por sambas Antológicos de seu maior ídolo, seu pai, o Extraordinário Monarco da Portela.

Mauro Diniz foi um autodidata invejável, durante muito tempo. Aos 24 (vinte e quatro) anos comprou seu primeiro cavaquinho, não se separando do instrumento, até trocá-lo por um outro que já tinha sido do Mestre Nelson Cavaquinho, este último o acompanha até hoje. Em 1982, começou a cursar a Faculdade de Educação Física, não completando o curso devido às seguidas viagens que fazia integrando a banda da cantora Beth Carvalho. Estudou música com gente competente como o nosso saudoso Copinha, maestro Joaquim Nagle e, indicado pelo maestro e Produtor Rildo Hora, foi estudar piano clássico, harmonia e percepção com a magistral professora Felícia.

Algum tempo depois se matriculou no CIGAM, um dos melhores cursos de música do Rio de Janeiro, onde concluiu o Curso de Harmonia, Improvisação e Arranjo.

Teve entre grandes Mestres o ilustre IAN GUEST, o Mestre dos Mestres.

Algum tempo depois Mauro Diniz passou de aluno a professor, teve alunos em vários estados do Brasil. Fundou o seu próprio curso C.A.M.M.D ( Curso de Aperfeiçoamento Musical Mauro Diniz ) e devido aos inúmeros compromissos de gravações, Mauro Diniz preparou professores para que continuassem seus trabalhos. Mesmo de longe ele acompanha o que se passa no Curso, que pela falta de tempo ele continua apenas com seus workshops, até que possa voltar às suas aulas normais e dar conta dos seus quase 100 (cem) alunos semanais.

Mauro Diniz tem 4 (quatro) discos gravados. O Primeiro em 86, Raça Brasileira, junto com Zeca Pagodinho, Jovelina Pérola Negra, Pedrinho da Flor e Elaine Machado com produção de Milton Manhães. O Segundo, em 88 Cantar a Paz; e o Terceiro em 91, Simplesmente Mauro Diniz.

Hoje, Mauro Diniz está entre os mais conceituados cavaquinistas do país, um dos mais estudiosos. Fazendo jus à veia poética da família - seu avô José Felipe Diniz escrevia poesias na revista mineira As Moças - Mauro também começou a compor e já gravou com Roberto Ribeiro, Grupo Fundo de Quintal, Nosso Samba e com Monarco (é claro!). Já gravou tocando em quase todos os discos de samba e também com Amelinha, Fagner e Ivan Lins.

Seu último CD, SAMBA COM REALIDADE, gravado recentemente, recorda os tempos de Pagodes do Cacique de Ramos e faz homenagens a grandes sambistas como Mestre Marçal, Roberto Ribeiro e ao Grupo Fundo de Quintal. Devido às sucessivas viagens em turnêcom Marisa Monte, não foi possível cumprir a agenda de divulgação programada com sua gravadora.

Por outro lado esta turnê deu-lhe tempo e inspiração para voltar a compor que é uma das coisas que mais gosta de fazer.

*Texto tirado da página www.maurodiniz.cjb.net*


Notícias | Casas com música | Artistas | Tribuna Livre | Artigos e debates | Fotos | Partituras | Compras | Amigos do Samba-Choro | Busca


Contato | Privacidade | Sobre este sítio
©Copyright 1996-2014
Samba & Choro Serviços Interativos LTDA
(Todos os direitos reservados).