Agenda do Samba & Choro

Lula ribeiro

Google
Web samba-choro.com.br
 Página principal » Artistas

Lula Ribeiro (Luiz Carlos Cavalcante Ribeiro - 7/10/1960 - Aracaju,SE)

Cantor. Compositor. Violonista. Arranjador. Instrumentista.
O pai, violonista, costuma receber amigos para serestas em casa executando composições de Lupicinio Rodrigues e Dolores Duran.
Ainda adolescente começou a aprender violão com o professor Henrique de Souza.
Em 1984 transferiu-se para o Rio de Janeiro dando prosseguimento à carreira artística.

Em 1982, em Aracaju, começou a carreira artística tocando em bares da cidade.
Em 1986 lançou o compacto duplo "Cajueiros dos papagaios", no qual interpretou de sua autoria as composições "Dom" (c/ Bobô Cruz), "Bolero parabello" (Alcides Mello), "Brejeira" (c/ Jorge Lins) e "Faz de conta" (c/ Bobô Cruz). O disco contou com arranjos de Tovinho e com as participações dos músicos Lalá, Jairo Sales, Welington e Félix. Fez vários shows, com direção de Luiz Eduardo Oliva de lançamento deste disco em diversos espaços.
No ano de 1993 lançou o CD "Janeiro", no qual regravou "Nunca" (Lupicínio Rodrigues) e gravou diversas composições de sua autoria: "Brega", "Trilha do luar", "Flerte fatal", "Arte e manhas" e "Dengo", todas em parceria com o letrista Chico Pires e ainda "Romper o mar imoto", com letra de Walney Costa, além de "Doce cabocla" e "Alfazema" e a faixa-título "Janeiros", as três somente de sua autoria. O disco contou com arranjo do baixista Arthur Maia na faixa "Romper o mar imoto", concepção da capa de Adriana Calcanhoto, além dos músicos Luiz Meira, Zé Luiz Maia, César Conti, Marcos Farias, Cássio Duarte, Julinho Martins, Marcelo Mariano e Celso Fonseca.
Em 1996 lançou o CD "O sono de Dolores"', em homenagem à cantora e compositora Dolores Duran (Adiléa da Silva Rocha 1930/1959 RJ). Com produção e arranjos de Arthur Maia e Lula Ribeiro, e ainda as participações dos músicos Arthur Maia, Edu Szajnbrum, Lui Coimbra, Mou Brasil, Luiz Meira, Marcelo Martins, André Gonçalves, Celso Fonseca e vocais de Arthur, Juju e Mariahno, no CD foram incluídas "Que bom amor" (José Messias), "Por causa de você" (Tom Jobim e Dolores Duran), "Jurei" (José Messias e Herivelto Martins), "Praça Mauá" (Billy Blanco), "Empresta" (José Messias), "A fia de Chico Brito" (Chico Anysio), "Madrugada e amor" (José Messias), "Ela disse-me assim" (Lupicinio Rodrigues), "Morena brasileira" (José Messias), "Se é por falta de adeus" (Tom Jobim e Dolores Duran), "Caymando" (José Messias e David Nasser) e a faixa-título "O sono de Dolores", de José Messias.
No ano de 1998 lançou o disco "Muito prazer", no qual interpretou "Muito prazer", "Se você tiver por ai", "O amar", "Porto", "Que saudade", "Canta da luz", "Calor" e "Dandá", todas em parceria com o letrista Walney Costa, e ainda as faixas "Viver" (c/ Suely Machado), "Bagdad" (c/ Adela Marcovici), "O trapézio e o chão" (c/ Pierre Aderne), "Você não tava lá" (com letra de Pierre Aderne) e "Mercê de você", com letra de Ismar Barreto. Neste CD, coproduzido em parceria com Arthur Maia, contou com a participação especial de Paulinho Moska e de músicos renomados, tais como Arthur Maia, Cláudio Infante e Lui Coimbra, entre outros.
Em 2003, com patrocínio do Banco Rural e distribuição da gravadora Sony Music, lançou o CD "Algum alguém" no qual interpretou de sua autoria "Algum alguém" (c/ Walney Costa), "Te amo Aracaju" (c/ Chico Pires), "Congênito" (Luiz Melodia), "O amor presente" (c/ Suely Machado), "Entender" (c/ Pierre Aderne), "Milagre" (c/ Walney Costa), "Pra lua" (c/ Pierre Aderne), "Procura-se" (c/ Walney Costa), "Pai e mãe" (Gilberto Gil), "Dama diet" (c/ Walney Costa), "Não há mais nobreza" e "Vem bonita", ambas em parceria com Walney Costa.
Em 2006 apresentou-se com o show "Palavras que não dizem tudo" no palco do Bar do Tom, no Rio de Janeiro, no qual contou com as participações especiais de Luiz Melodia, Moska e Sérgio Chiavazzolli (bandolim), além dos músicos Arthur Maia (baixo), Perinho Santana (guitarra), Cláudio Andrade (teclado), Vídor Santiago (sax e flauta), Marco Lobo (percussão) e Marcos Kinder (bateria). O show contou com direção de Suely Machado e o DVD com direção de Fausto Vilanova.
No ano de 2008 foram lançados o CD e o DVD ao vivo "Palavras que não dizem tudo", trabalhos nos quais foram incluídas algumas composições de seus discos anteriores e outras inéditas, entre as quais "Muito prazer" (c/ Walney Costa), "Algum alguém" (c/ Walney Costa), "Ladainha" (c/ L.uiz Felipe Leprevost), "Milagre" (c/ Walney Costa), "Por causa de você" (Tom Jobim e Dolores Duran), "O amor presente" (c/ Suely Machado), "Você não tava lá" (c/ Pierre Aderne), "Janeiros", "Porto" (c/ Walney Costa) e "Mêrce de você" (c/ Ismar Barreto) , ambas com participações especiais de Moska e Sérgio Chiavazzolli "Desperdício" (c/ Pierre Aderne e Luis Felipe Leprevost), "Paralelo" (c/ Pierre Aderne e L.uiz Felipe Leprevost), "Congênito" (Luiz Melodia), com participação especial de Luiz Melodia, "O trapézio e o chão" (c/ Pierre Aderne), "Se você tiver por aí" (c/ Walney Costa), com participação especial do bandolinista Sérgio Chiavazzolli e ainda a faixa "Dandá", composta em parceria também com Walney Costa. No DVD também foi incluído o clipe "Te amo Aracaju", dirigido por Fausto Villanova e Gabriel Araújo. Durante a carreira apresentou-se em vários teatros em diversas cidades do país, entre as quais Aracajú, Rio de Janeiro, Maceió, Salvador, São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis e Brasília, além de Montevidéo, no Uruguai.

OBRAS GRAVADAS:

Alfazema
Algum alguém (c/ Walney Costa)
Arte e manhas (c/ Chico Pires)
Bagdad (c/ Adela Marcovici)
Brega (c/ Chico Pires)
Brejeira (c/ Jorge Lins)
Calor (c/ Walney Costa)
Canta da luz (c/ Walney Costa)
Dama diet (c/ Walney Costa)
Dandá (c/ Walney Costa)
Dengo (c/ Chico Pires)
Desperdício (c/ Pierre Aderne e Luiz Felipe Leprevost)
Doce cabocla
Dom (c/ Bobô Cruz)
Entender (c/ Pierre Aderne)
Faz de conta (c/ Bobô Cruz)
Flerte fatal (c/ Chico Pires)
Janeiros
Ladainha (c/ L.F. Leprevost)
Mercê de você (c/ Ismar Barreto)
Milagre (c/ Walney Costa)
Muito prazer (c/ Walney Costa)
Não há mais nobreza (c/ Walney Costa)
O amar (c/ Walney Costa)
O amor presente (c/ Suely Machado)
O trapézio e o chão (c/ Pierre Aderne)
Paralelo (c/ Pierre Aderne e Luiz Felipe Leprevost)
Porto (c/ Walney Costa)
Pra lua (c/ Pierre Aderne)
Procura-se (c/ Walney Costa)
Que saudade (c/ Walney Costa)
Romper o mar imoto (c/ Walney Costa)
Se você tiver por ai (c/ Walney Costa)
Te amo Aracaju (c/ Chico Pires)
Trilha do luar (c/ Chico Pires)
Vem bonita (c/ Walney Costa)
Viver (c/ Suely Machado)
Você não tava lá (c/ Pierre Aderne)

DISCOGRAFIA:

1986 Cajueiro dos papagaios Independente Compacto Duplo
1993 Janeiros Independente CD
1996 O sono de Dolores Independente CD
1998 Muito prazer Selo Goal Discos/BMG CD
2003 Algum alguém Seven Music/Sony Music CD
2008 Palavras que não dizem tudo Gravadora Atração CD/DVD

SHOWS PRINCIPAIS:

(1993) Show Janeiros. Direção: Rodolfo Bottino Canecão RJ.
(1996) Show O sono de Dolores. Direção: Flávio Colatrello. Lapa Multishow, BH, MG.
(1996) Show O sono de Dolores. Direção: Flávio Colatrello, Mistura Fina RJ.
(1997) Show O sono de Dolores. Direção: Flávio Colatrello, Tequila Café Aracajú SE.
(1998) Show Muito prazer. Direção: Aderbal Freire Filho. Salvador, BA.
(1999) Show Muito prazer. La Taberna, Belo Horizonte, MG.
(1999) Show Muito prazer. Lapa Multishow, BH, MG.
(1999) Show Muito prazer. Palace, SP.
(1999) Show Muito prazer. Botequim.com.br, Aracaju, SE.
(1999) Show Muito prazer. Canecão. Direção: Aderbal Freire-Júnior. RJ.
(1999) Show Muito prazer. Teatro Crowne Plaza, SP, SP.
(1999) Show Muito prazer. Botequim.com.br, Aracaju, SE.
(1999) Show Muito prazer. La Taberna, Belo Horizonte, MG.
(2003) Show Algum alguém. Direção: Suely Machado, Belo Horizonte MG.
(2003) Show show Algum alguém. Direção: Suely Machado Tequila Café, Aracaju, SE.
(2003) Show Algum alguém. Bar Feitiço Mineiro, Brasília, DF.
(2006) Show Palavras que não dizem tudo. Direção: Suely Machado. Bar do Tom, RJ.
(2008) Show Palavras que não dizem tudo. Direção: Suely Machado. Teatro Alterosa. Belo Horizonte, MG.
(2008) Show Palavras que não dizem tudo. Direção: Suely Machado. Teatro Tobias Barreto. Aracajú SE.
(2009) Show Palavras que não dizem tudo. (Participações especiais de A Cor do Som, Kleyton & Kleydir, Doces Cariocas; Edu Krieger, Vander Lee, Zé Renato, Sá & Guarabyra e Bossacucanova. Direção: Suely Machado. CCJE. RJ.

CLIPE:

2008 - "Te amo Aracaju" (Lula Ribeiro e Chico Pires). Direção: Fausto Villanova e Gabriel Araújo (N Filmes)


Notícias | Casas com música | Artistas | Tribuna Livre | Artigos e debates | Fotos | Partituras | Compras | Amigos do Samba-Choro | Busca


Contato | Privacidade | Sobre este sítio
©Copyright 1996-2017
Samba & Choro Serviços Interativos LTDA
(Todos os direitos reservados).