Agenda do Samba & Choro

Zeca do Trombone

Google
Web samba-choro.com.br
 Página principal » Artistas

,ZECA DO TROMBONE

Zeca do Trombone nasceu na querida Campo Grande, no Rio de Janeiro. O primeiro contato com a música veio com um maestro que, gratuitamente, lhe ensinou as primeiras notas e o be-a-bá da música.
Apaixonado pela música brasileiríssima de Pixinguinha, mais tarde veio a influência norte-americana do jazz e do rhythm’n blues de gente como Aretha Franklin e do chefão do soul & funk James Brown. Hermeto Paschoal e Raul de Barros foram peças decisivas também na linguagem musical de Zeca.
Ele começou a carreira na borbulhante década de 60, apresentando-se nos bailes com o conjunto The Jet’s. Nos anos 70 fundou, com o memorável Erlon Chaves, a Banda Veneno e botou todo mundo para dançar. O primeiro disco solo de Zeca saiu em 76, ao lado do parceiro Roberto Sax.
Na década de 80 editou o álbum Rota Mar e Cantando Naturalmente; e nos anos 90 gravou Longa Caminhada. Enquanto isso contruía uma sólida reputação como um dos músicos de estúdio mais requisitados do país – e de renome internacional.

A extensa lista de trabalhos prestados traz nomes como os de Ivan Lins, Elis Regina, Milton Nascimento, Gonzaguinha, Tim Maia, Clara Nunes, Alcione, Martinho da Vila, Beth Carvalho, Fundo de Quintal, Wilson Simonal, Art Popular, Katinguele, Negritude Jr., o compadre Zeca Pagodinho e mesmo a rapaziada da Bahia, como Banda Mel e Araketu.

Gravou o CD “ GAFIEIRA” pela Universal , produzido pelo Rildo Hora, que foi lançado em Dezembro/2001.

A idéia de gravar Gafieira veio na esteira do sucesso de uma apresentação especial no espetáculo de Zeca Pagodinho.
Gafieira é a síntese de toda essa experiência e fama a serviço de um disco animado, inspirado, divertido, cheio de suíngue e empolgante do início ao fim e com um repertório afiado tanto quanto as “trombonadas” de Zeca.
São ao todo 14 faixas, entre clássicos da música popular, sucessos da nova geração de hitmakers e mesmo a releitura de uma pérola do saudoso músico de jazz Clifford Brown – a funky “The Blues Walk”, que ganhou um sotaque brasileiro irresistível e é um dos pontos fortes de um CD de altíssimo nível.

É a consagração definitiva de um dos maiores nomes do instrumento no Brasil e de um artista carismático e com talento para encher Gafieira.





Notícias | Casas com música | Artistas | Tribuna Livre | Artigos e debates | Fotos | Partituras | Compras | Amigos do Samba-Choro | Busca


Contato | Privacidade | Sobre este sítio
©Copyright 1996-2017
Samba & Choro Serviços Interativos LTDA
(Todos os direitos reservados).