Agenda do Samba & Choro

Benedicto lacerda

Google
Web samba-choro.com.br
 Página principal » Artistas

Nasceu em Macahé, estado do Rio de Janeiro no dia 14 de março de 1903. Em sua certidão de nascimento consta a seguinte informação: "Certifico que á fl. 76 do livro n.O
8-a sob o número de ordem 93, foi lavrado o assentamento de Benedicto, nascido aos dezesseis (16) dias do mês de abril de mil novecentos e três (1903), ás 7:00 horas, no(a) em domicílio, rua São João, nesta cidade de Macaé/RJ, do sexo masculino, filho de Maria Lousada. Foi declarante Alfredo Queiroz. Tendo como testemunhas: José Augusto dos Santos e José Marques Bolija. Observações: Registro feito aos dezessete (17) dias do mês de abril do ano de mil novecentos e três (1903), *-*-*-*-*

Sabemos que naquela época não podia passar de mês para registrar o filho o que acarretaria em multa. Daí termos tanta gente no Brasil que nasceu em uma data e está registrada em outra.

Benedicto Lacerda ainda criança foi com sua mão morar no bairro do Estácio e cresceu num ambiente emergente da nova liguagem e roupagem que o samba ganharia e seria apresentado ao mundo. Aluno do Chorão Belarmino Souza, Benedicto deu asas a seu talento até tornar-se flautista de primeira classe na Policia militar. Tocou em arrepiados, quintais, salões, jazz-bands, batucadas, macumbas e o que mais presisasse de músico bom bra criar. Foi tocando com malandros e chorões que amalgamou seu estilo. Alegre, serelepe, espirituoso. Benedicto foi um flautista popular em sua essencia.
Formou o seu Regional do Benedicto Lacerda em inicio dos 30 e criou um "modus operandi" seguido por todos os outros bons grupos acompanhadores de música brasileira. Destacou-se com sua espirituosidade e inventiva em gravações ao lado de Carmen Miranda, Luís Barbosa, Isaurinha Garcia, Siolvio Caldas, Moreira da Silva, Francisco Alves, Orlando Silva... e tantos mais cantores e cantoras da era de ouro do radio no Brasil.
Compositor de valsas como Nininha, Lela, Myrthes, Romance due uma valsa, Numero um, etc. Choros como Ainda me recordo, Vou vivendo, Ele e eu, Seu lourenço no Vinho, Dinorah, doidinho, etc. Sambas: A lapa, Despedida de Mangueira, Pombo correio, etc e de marchas célebres no carnaval brasileiro como Jardineira, Querido adão, Eva querida, Macaco olha o rabo,A dança do funiculi, Minueto...

Rúben Pereira - Rubinho


(Em atualização)


Notícias | Casas com música | Artistas | Tribuna Livre | Artigos e debates | Fotos | Partituras | Compras | Amigos do Samba-Choro | Busca


Contato | Privacidade | Sobre este sítio
©Copyright 1996-2017
Samba & Choro Serviços Interativos LTDA
(Todos os direitos reservados).