Agenda do Samba & Choro

Ary cordovil

Google
Web samba-choro.com.br
 Página principal » Artistas

A figura de Ary Cordovil- na realidade nascido Nicanor de Paula Ribeiro Filho, a 5 de maio de 1923, no Rio de Janeiro - era a antítese do tipo que a opinião pública, nos meados do século, consagrou para o sambista.
Ary mostrava que sambista dispensa qualquer aparência. Requer talento e nele sobrava. Tanto que, em 1944, já namorava a carreira artística, ainda compositor, quando estreou
em disco, gravado por ninguém menos que Araci de Almeida, o samba Olha ele aí Waldemar.Em 1949 fez sucesso na música Fui um Louco, que ganhou imediatamente as paradas
de sucesso.Em 1956, Formiga (Que Quer se Perder Cria Asas), de Raimundo Olavo. Tendo várias musicas de sucesso,como Acorda Maria Bonita, de Volta Seca ( excangaceiro de Lampião) E por fim podem assim tomar conhecimento desse grande sambista, que inclusive teve o mérito, pouco reconhecido, de ser o lançador de uma das obras imorredouras da música popular brasileira, o samba Tristeza, de Haroldo Loboe Niltinho,lançado no carnaval de 1966 pra ganhar o mundo. Ary faleceu em novembro de 1981, no Rio de Janeiro, deixando uma filha
que o admira muito, e luta para que sua estoria não seja esquecida. Obrigada.
Rosangela.


Notícias | Casas com música | Artistas | Tribuna Livre | Artigos e debates | Fotos | Partituras | Compras | Amigos do Samba-Choro | Busca


Contato | Privacidade | Sobre este sítio
©Copyright 1996-2017
Samba & Choro Serviços Interativos LTDA
(Todos os direitos reservados).