Agenda do Samba & Choro

Altamiro Carrilho

Google
Web samba-choro.com.br
 Página principal » Artistas

Uma lenda viva do chorinho brasileiro, Altamiro Carrilho herdeiro de Patápio Silva, Pixinguinha e Benedito Lacerda, já se apresentou em mais de 48 países, levando este gênero também definido como o "Jazz Brasileiro", sempre com absoluto sucesso. Este gênio da flauta transversa, já passou pelos clásssicos em ritmo de choro, gravou mais de 111 discos, compôs cerca de 200 músicas dos mais variados ritmos e estilos e atualmente está comemorando 56 anos de carreira, 75 anos de vida e "125 da criação do Chorinho". Esses são os resultados do talento que nasceu com este extraordinário músico, perfeito em sua arte.

Nascido em Santo Antônio de Pádua, em 21 de dezembro de 1924, Altamiro Carrilho é Cidadão Carioca (título que lhe foi concedido pela Câmara dos Deputados). Membro de uma família de 8 irmãos, teve desde menino a musicalidade à flor da pele. Aos 11 anos já integrava a "Banda Lira de Arion", tocando tarol e, aos 12 anos, vencia com maestria o programa de calouros de Ary Barroso tocando flauta. Trabalhou como farmacêutico e continuou seus estudos de música à noite até conseguir comprar uma flauta de 2° mão, com o adiantamento de seu patrão. Daí por diante levantou vôo rumo ao sucesso. Mais tarde formou seu primeiro conjunto e, em 1952, teve um programa na TV Tupi, em horário nobre. Nessa época gravou o famoso maxixe "Rio Antigo", de sua autoria. A consagração no Brasil inteiro foi imediata.

No ano de 1963, Altamiro Carrilho excursionou pela Europa e União Soviética, onde foi aplaudido de pé, e foi considerado pela critica como o melhor solista de Flautim do mundo! - instrumento muito difícil de ser tocado. Na Alemanha apresentou o "Concerto em Sol de Mozart", com o qual foi aclamado pelo público. Já se apresentou também no Chile, Bermudas, E.U.A, Japão, Portugal, Espanha, Noruega e França.

Ganhou o "Prêmio Sharp" de 1997 como o melhor disco instrumental com o CD "Flauta Maravilhosa" e lançou no ano seguinte o CD "Chorinhos Didáticos", onde o aluno de música aprende ouvindo, tocando com play back e lendo as partituras anexas no CD. Em 1998, Altamiro Carrilho recebeu do Presidente da República Fernando Henrique Cardoso uma Comenda Especial, em reconhecimento por seu talento e sua incansável luta pela nossa música. Em julho de 2000 realizou uma grande e elogiada apresentação no Teatro Municipal de São Paulo para comemorar os 125 anos de Chorinho. Deste show resultou a produção de um CD, que foi gravado ao Vivo.

Atualmente apresenta-se com seu regional formado por cavaquinho, pandeiro e violão de 7 cordas, por diversas cidades e festivais de música do país, sempre com um repertório que passa pelos clássicos do Chorinho, como "Rosa", "Tico Tico no Fubá", "Carinhoso", "Atraente" e "Brasileirinho", além de composições próprias como "Aeroporto Galeão", "Deixa o Breque pra Mim" e "Oriental", num show alegre, descontraído e delicioso, em que Altamiro Carrilho toca e conta algumas histórias sobre a música popular brasileira. Já se apresentou com diversas Orquestras Sinfônica por todo o Brasil, exercitando assim seu lado erudito.


Sítio virtual Oficial

Visite o sítio virtual oficial de Altamiro Carrilho.

Notícias | Casas com música | Artistas | Tribuna Livre | Artigos e debates | Fotos | Partituras | Compras | Amigos do Samba-Choro | Busca


Contato | Privacidade | Sobre este sítio
©Copyright 1996-2017
Samba & Choro Serviços Interativos LTDA
(Todos os direitos reservados).